Cerca de 4 mil crianças precisam ser imunizadas com a vacina Pentavalente

Doses da vacina pentavalente estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da família.
Doses da vacina pentavalente estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da família.
Doses da vacina pentavalente estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da família.
Doses da vacina pentavalente estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da família.

Em Feira de Santana as doses da vacina pentavalente estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da família desde segunda-feira (03/02/2020). Cerca de 2.500 doses foram recebidas pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, na última quinta-feira.

De acordo com a enfermeira coordenadora do setor de imunização, Simone Neves, o quantitativo é insuficiente para suprir a demanda reprimida. “Temos ainda muitas crianças que necessitam ser vacinadas devido ao período em desabastecimento nacional. Precisamos reparar essa situação e contamos com a colaboração dos pais ou responsáveis”, afirma.

O Governo do prefeito Colbert Martins Filho realizou um mapeamento através dos agentes comunitários de saúde em busca das crianças com atraso da vacina pentavalente. De acordo com o levantamento, cerca de 4.090 crianças precisam ser imunizadas.

“É provável que o quantitativo de crianças com atraso na vacina seja superior ao que foi registrado”, avalia Simone Neves.

Pais ou responsáveis podem vacinar a criança em qualquer unidade de saúde, sendo necessário apresentar documentos pessoais e caderneta de vacinação do menor. As unidades básicas de saúde e de saúde da família funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h e as salas de vacina das 8h às 16h30.

A vacina pentavalente previne contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e doenças causadas por Haemophilus influenzae tipo b. Ela é aplicada em três doses, nos seis primeiros meses de vida do bebê.

Segundo nota técnica do Ministério da Saúde, a falta da vacina em diversas regiões do país foi motivada após reprovação do controle de qualidade da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), impedindo assim a distribuição dos lotes por parte do MS.

Em Feira de Santana um quantitativo reduzido de doses foi recebido nos meses de outubro e novembro. A vacina estava em falta desde o mês de agosto e em janeiro a Secretaria de Saúde recebeu um quantitativo superior.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108177 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]