ALBA: Parlamentares se solidarizam com Alex lima; Miliciano bolsonarista morto pela polícia foi encontrado em imóvel do irmão do parlamentar situado em Esplanada

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Alex Lima, deputado estadual (PSB-BA).
Alex Lima, deputado estadual (PSB-BA).
Alex Lima, deputado estadual (PSB-BA).
Alex Lima, deputado estadual (PSB-BA).

Durante a sessão ordinária realizada na tarde desta terça-feira (11/02/2020), o deputado Alex Lima (PSB), primeiro vice-presidente da  Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (ALBA), fez uso do tempo destinado ao grande expediente para falar sobre o episódio ocorrido no último fim de semana em Esplanada.

O parlamentar relatou que foi surpreendido com a notícia de que o ex-capitão da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Adriano da Nóbrega, foi localizado pela polícia em uma chácara pertencente ao vereador Gilsinho da Dedé (PSL), irmão do legislador, no domingo (09). Informações divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia indicaram que o homem foragido da Justiça fluminense reagiu à abordagem, foi atingido durante o confronto com a polícia e não resistiu.

Em seu discurso, Alex Lima ressaltou que precisava prestar esclarecimentos sobre o que aconteceu na fazenda do seu irmão no município de Esplanada. “Meu irmão estava em viagem em Recife visitando uma tia desde terça-feira. No domingo, acordou com uma ligação de um vizinho da chácara dizendo que houve troca de tiros na propriedade. O vereador ligou para o delegado e foi informado que era uma operação feita por Salvador”, descreveu Alex Lima.

O legislador ainda explicou o fato de o seu irmão ser filiado ao PSL, partido pelo qual o presidente Jair Bolsonaro foi eleito em 2018. “Ele é filiado ao PSL porque na época da sua eleição, em 2016, o partido era gerido na Bahia por um aliado nosso, o deputado Marcelo Nilo”, explicou Alex Lima, apontando que o vereador já aguardava a janela partidária para migrar de legenda.

Ainda segundo o deputado, as informações indicam que o ex-policial chegou ao imóvel na madrugada do dia em que foi localizado pelas forças de segurança. Ao contrário do que algumas pessoas estão falando, ele não morava lá. Nunca tivemos contato”, ressaltou.

O parlamentar contou ainda que Gilsinho da Dedé esteve, espontaneamente, na sede do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), nesta terça-feira, para prestar esclarecimentos e buscar respostas para saber como Adriano da Nóbrega foi parar em sua propriedade. “Espero que o inquérito mostre quem estava abrigando esse criminoso e como foi parar na propriedade”, frisou Alex Lima.

Após sua fala na tribuna, o deputado recebeu manifestações de solidariedade dos deputados Rosemberg Lula Pinto (PT), Jacó Lula da Silva (PT), Robinson Almeida Lula (PT), Olívia Santana (PC do B), Vitor Bonfim (PL), Júnior Muniz (PP), Hilton Coelho (Psol) e Maria del Carmen Lula (PT).

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113514 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]