“Uma medida antidemocrática e desrespeitosa com a Câmara de Salvador”, diz vereador Kiki Bispo sobre ação do deputado Robinson Almeida contra o prefeito ACM Neto

Kiki Bispo (PTB-Salvador), vereador.

Kiki Bispo (PTB-Salvador), vereador.

O vereador Kiki Bispo (PTB) rebateu nesta segunda-feira (27/01/2020) o deputado estadual Robinson Almeida (PT), que ingressou com uma Ação Popular na 6ª vara da Fazenda Pública de Salvador para que o nome do ex-senador Antônio Carlos Magalhães seja retirado do novo Centro de Convenções, inaugurado neste domingo (26).

Para Kiki, a medida de Robinson é antirepublicana e antidemocrática e, além disso, desrespeitosa com a Câmara Municipal de Salvador, que aprovou ainda em 2018 o projeto que denomina Antonio Carlos Magalhães o novo equipamento. A proposta, de autoria do próprio Kiki, teve 28 votos favoráveis e 5 contrários.

“É um absurdo um deputado estadual, que se autodeclara defensor da democracia, ingressar com uma ação judicial contra uma decisão de uma Casa Legislativa. É uma medida antidemocrática, antirepublicana e desrespeitosa com a Câmara Municipal de Salvador, que votou e aprovou o projeto de maneira legítima”, afirmou.

Em sua justificativa, Robinson diz que o prefeito ACM Neto (Democratas) “passa a extrair vantagens, proveitos e benefícios absolutamente pessoais, com o enaltecimento da figura de parente próximo dele”. Kiki diz que o deputado está completamente enganado. “O nome do centro foi dado graças a projeto que eu apresentei e a Câmara aprovou. Já o busto em homenagem ao ex-senador ACM faz parte dos investimentos da concessionária construtora do Centro”, frisa.

O vereador, por fim, ressalta que a ação de Robinson aparenta ser somente para chamar atenção. “Não há qualquer fundamento legal para esta ação. O deputado parece estar querendo chamar atenção atacando ACM Neto já que tem sido deixado de lado pelo seu partido”, ironiza.

“Isso não passa de inveja. O governo, que deixou o antigo centro de convenções desabar, tinha obrigação de fazer e não fez. ACM Neto, em dois anos, resolveu um problema que o governo de Robinson não conseguiu em mais de cinco”, complementou Kiki.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]