Espaços Culturais da Bahia recebem Mostra Cinema e Direitos Humanos

Os filmes abordam temas que vão desde imigração e direitos dos refugiados, até direitos das pessoas com deficiência, direito à educação e cultura, inclusão social, direito das crianças e das mulheres, dentre outras questões.

Os filmes abordam temas que vão desde imigração e direitos dos refugiados, até direitos das pessoas com deficiência, direito à educação e cultura, inclusão social, direito das crianças e das mulheres, dentre outras questões.

Quatorze espaços culturais da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA), na capital e interior do estado, exibirão gratuitamente vídeos da Mostra Cinema e Direitos Humanos. Em sua 12ª edição, a mostra tem como objetivo consolidar a cultura e a educação em Direitos Humanos, ampliando espaços de debate e discussão por meio da linguagem cinematográfica e contribuindo para a formação de uma nova mentalidade coletiva para o exercício da solidariedade, do respeito às diversidades e da tolerância. As exibições acontecerão de 21 de janeiro a 14 de fevereiro.

Entre os vídeos que fazem parte da mostra estão seis produções brasileiras e uma moçambicana: os dois curtas “Nós” e “A Rua é NÓIZ”, e os cinco médias-metragens “À Espera” (Moçambique), “Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones”, “A Bicicleta do Vovô”, “A Câmera de João” e “Heróis”. Os filmes abordam temas que vão desde imigração e direitos dos refugiados, até direitos das pessoas com deficiência, direito à educação e cultura, inclusão social, direito das crianças e das mulheres, dentre outras questões.

Todas as sessões são gratuitas, com obras cinematográficas que abordam temáticas relacionadas aos Direitos Humanos, além de acessibilidade nos filmes – closed caption em todas as sessões e áudio descrição, e Libras em sessões selecionadas – com o intuito de democratizar o acesso à cultura e alcançar espectadores com perfil diversificado.

Os espaços culturais que receberão a mostra são Casa da Música, Cine Teatro Solar Boa Vista, Espaço Xisto Bahia, Centro Cultural Plataforma e Espaço Cultural Alagados em Salvador; e, nos demais municípios e territórios, Teatro Dona Canô (Santo Amaro), Centro de Cultura Olívia Barradas (Valença), Casa de Cultura de Mutuípe, Centro de Cultura ACM (Jequié), Centro de Cultura Amélio Amorim (Feira de Santana), Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima (Vitória da Conquista), Centro de Cultura de Porto Seguro, Cine Teatro de Lauro de Freitas e Centro de Cultura de Alagoinhas. O Centro de Cultura Amélio Amorim conta com o apoio da Cia Cuca de Teatro, e o Centro de Cultura Olívia Barradas tem a parceria do Núcleo Territorial de Educação 06 – NTE e do Conselho Municipal de Direitos Humanos.

A 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo é realizada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos em parceria com o Instituto Cultura em Movimento – ICEM. A mostra foi criada em 2006 para celebrar o aniversário da Declaração Universal de Direitos Humanos, proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948.

Espaços Culturais da SecultBA

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia mantém 17 espaços culturais geridos pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC), e localizados em diversos Territórios de Identidade. Destes, cinco encontram-se em Salvador – Cine Teatro Solar Boa Vista, Espaço Xisto Bahia, Casa da Música de Itapuã, Centro de Cultura de Plataforma e Espaço Cultural Alagados – e 12 nos municípios de Alagoinhas, Feira de Santana, Guanambi, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Mutuípe, Porto Seguro, Santo Amaro, Valença e Vitória da Conquista.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]