Bica do Pau Seco no Distrito de Humildes é opção para turismo ligado à natureza em Feira de Santana

Localidade, com beleza natural, fica a pouco mais de 20 quilômetros do centro de Feira de Santana.
Localidade, com beleza natural, fica a pouco mais de 20 quilômetros do centro de Feira de Santana.
Localidade, com beleza natural, fica a pouco mais de 20 quilômetros do centro de Feira de Santana.
Localidade, com beleza natural, fica a pouco mais de 20 quilômetros do centro de Feira de Santana.

Água tão fria que incomoda quando se espalha sobre os ombros, um cajueiro com copa que oferece mais de cem metros quadrado de boa sombra, vento fresco o dia inteiro, tanques com peixes, e um tambacu de dorso escuro – cruzamento tambaqui com pacu – que se deixa ser retirado da água.

Para chegar à Bica do Pau Seco, que existe há 30 anos no Distrito de Humildes, deve-se seguir pela estrada de São Gonçalo dos Campos e tomar à esquerda no povoado de Magalhães e seguir. A estrada é sinalizada. Na dúvida é só perguntar. Todos sabem informar como chegar.

A localidade, com beleza natural, fica a pouco mais de 20 quilômetros do centro de Feira de Santana. A nascente alimenta dois tanques, onde ficam os peixes, e joga água para a bica, que abastece o açude. Toda a água é reaproveitada.

Para quem gosta de um passeio rural, a bica é o caminho ideal. Vale à pena passar o dia sobre o gramado verde e à beira da represa onde moram peixes de várias espécies, como o surubim – que vez ou outra bota suas barbatanas de fora e pode ser considerada exótica no local, que pode atingir dezenas de quilos.

Mas a atração da Bica é o tambaqui escuro com mais de três quilos, que aparece à margem do tanque para comer. É neste momento que Jorge Brandão Souza, dono do local, o pega pela barriga e joga para cima. Parece que o peixe já se acostumou com o ‘carinho’.

“Ele gosta mesmo é de ração”, afirma o comerciante. Mas, naquele momento tinha apenas salgadinho, que os peixes também gostam. Importante: não é permitida a pesca. Além de peixe frito – Jorge disse que compra as tilápias, outro prato é a galinha de quintal.

Wadson de Souza Silva, que mora em Humildes, disse que visita a bica constantemente. “Aqui é muito bom para se divertir em contato com a natureza. Principalmente para as crianças, que gostam de água”. Segundo o comerciante, o local já recebeu mais de 400 pessoas, em um único dia. “Agora o movimento está baixo devido o veraneio”.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112723 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]