Vereador ressalta importância de psicólogos e assistentes sociais nas escolas de Feira de Santana

Eremita Mota: para cada segmento da cidade uma tranquilidade maior no que tange a violência. Chegando psicólogos e assistentes sociais, a educação tende a melhorar e, com certeza, a violência também vai ser amenizada, porque, tudo passa pelo caminho da educação.
Eremita Mota: para cada segmento da cidade uma tranquilidade maior no que tange a violência. Chegando psicólogos e assistentes sociais, a educação tende a melhorar e, com certeza, a violência também vai ser amenizada, porque, tudo passa pelo caminho da educação.
Eremita Mota: para cada segmento da cidade uma tranquilidade maior no que tange a violência. Chegando psicólogos e assistentes sociais, a educação tende a melhorar e, com certeza, a violência também vai ser amenizada, porque, tudo passa pelo caminho da educação.
Eremita Mota: para cada segmento da cidade uma tranquilidade maior no que tange a violência. Chegando psicólogos e assistentes sociais, a educação tende a melhorar e, com certeza, a violência também vai ser amenizada, porque, tudo passa pelo caminho da educação.

Após o Congresso derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro, na quarta-feira (27/12/2019), ao Projeto de Lei da Câmara dos Deputados de n° 60, de 2007 que garante atendimento por profissionais de psicologia e serviço social aos alunos das escolas públicas de educação básica – a vereadora Eremita Mota (PSDB) utilizou a tribuna da Câmara Municipal, durante a sessão ordinária desta quarta-feira (04), para enaltecer a importância desses profissionais nas escolas públicas de educação básica.

Eremita Mota relacionou a importância do acompanhamento escolar e uma boa educação para a garantia da segurança pública. A parlamentar relatou que esteve presente em debates e audiências que envolvem a temática e trazem reflexões sobre a necessidade do atendimento destes profissionais aos alunos das escolas públicas de educação básica.

A vereadora afirmou que a proposta irá trazer “para cada segmento da cidade uma tranquilidade maior no que tange a violência. Chegando psicólogos e assistentes sociais, a educação tende a melhorar e, com certeza, a violência também vai ser amenizada, porque, tudo passa pelo caminho da educação”. E concluiu: “eu espero que esse projeto prossiga e a gente consiga melhorar a qualidade do ensino aqui em Feira de Santana, e, sendo assim, ter investimento melhor na educação”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110945 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]