Vereador afirma que foi impedido de entrar no Shopping Popular de Feira de Santana

Luiz Ferreira (Luiz da Feira): o segurança disse que só poderíamos entrar após a autorização do ‘dono do shopping’. Eu me pergunto se uma parceria público privado tem dono.

Luiz Ferreira (Luiz da Feira): o segurança disse que só poderíamos entrar após a autorização do ‘dono do shopping’. Eu me pergunto se uma parceria público privado tem dono.

No uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária desta terça-feira (10/12/2019), o vereador Luiz Ferreira (Luiz da Feira, PCdoB) contou que ele e mais três vereadores foram barrados durante a visita às obras da construção do Shopping Popular. Explicou que os edis foram tratados de forma truculenta pelos seguranças do estabelecimento.

“O segurança disse que só poderíamos entrar após a autorização do ‘dono do shopping’. Eu me pergunto se uma parceria público privado tem dono. Os verdadeiros donos do shopping popular são os feirenses. A Prefeitura investiu 13 milhões, porém o senhor Elias Tergilene se acha o proprietário e age de maneira soberba. Prefeito abra o olho e tome uma atitude. Enquanto Elias chacota com a nossa cara, o povo padece nas ruas”, protestou.

Em aparte, o vereador Edvaldo Lima (PP) reforçou a fala do colega afirmando que “Foi uma situação complicada, cogitei chamar a polícia, porém a engenheira entrou em contato com o empresário, que autorizou a nossa entrada”, contou.

Ao concluir, Luiz da Feira parabenizou as entidades filantrópicas pelas campanhas de doação realizadas no período de final de ano. “Eu sei que o Lar do Irmão Velho e o Dispensário Santana, entre outros, promovem campanhas durante todo o ano. Mas não posso deixar de parabenizar o empenho dessas instituições nas últimas semanas”, finalizou

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]