Pequenos agricultores de Andaraí recebem cadastros ambientais rurais

Cadastros ambientais rurais foram entregues à pequenos agricultores de Andaraí.

Cadastros ambientais rurais foram entregues à pequenos agricultores de Andaraí.

Pequenos produtores de Andaraí, na Chapada Diamantina, receberam nesta sexta-feira (29/11/2019) um total de 252 certificados do Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (CAR/Cefir). Os documentos foram entregues pelo secretário estadual do Meio Ambiente (Sema), João Carlos Oliveira, em cerimônia realizada no distrito de Ubiraitá. Na ocasião, houve a inauguração da pavimentação das vias de acesso ao Colégio Estadual Carmenilza Araújo Lima de Matos. O diretor de Projetos da Sema, Angelo Almeida participou da entrega.

O CAR/Cefir é o primeiro passo para a regularização ambiental das propriedades, dando ao governo um controle maior sobre as reservas legais e áreas de preservação das propriedades rurais. “Com a regularização ambiental das suas terras, os pequenos proprietários rurais estão aptos a solicitar crédito agrícola a instituições financeiras. Além disso, fortalece a gestão ambiental do Estado, auxiliando no planejamento das políticas públicas voltadas para o meio ambiente”, destacou o secretário.

Com o cadastro ambiental, a Sema e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) passam a integrar as informações ambientais das propriedades e posses rurais, com o objetivo de compor uma base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e combate ao desmatamento. Ao todo já foram investidos mais de 400 milhões para o cadastramento de propriedades rurais com até 4 módulos fiscais em todo território baiano. Incluindo todas as iniciativas no Estado, inclusive os cadastros espontâneos, já tem declarados no Sistema SEIA CEFIR mais de 650 mil imóveis cadastrados.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).