Mais de 15 milhões de eleitores brasileiros ainda não fizeram biometria para as próximas eleições

Cadastro biométrico.

Se o cadastro biométrico não for realizado até maio do ano 2020, o título de eleitor pode ser cancelado e não poderá votar, diz Justiça Eleitoral.

Mais de 15,5 milhões de pessoas ainda não realizaram o cadastramento biométrico para votar nas eleições de 2020. Os dados, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), levaram em conta os locais onde a biometria já será obrigatória nas próximas eleições, que terão o primeiro turno em 4 de outubro. Nessa lista, estão mais de 4,5 mil municípios.

De acordo com o levantamento, quase sete milhões de eleitores já tiveram o título eleitoral cancelado. Salvador (BA), Recife (PE) e Guarulhos (SP) estão entre as cidades que compõem essa lista.

O cadastro biométrico será obrigatório em todo o Brasil apenas em 2022. Para regularizar a situação, os eleitores devem procurar os cartórios eleitorais até 6 de maio, prazo para encerrar o cadastro para as eleições municipais de 2020. Para saber se a sua cidade já exige a biometria, é preciso consultar o site do TSE, no www.tse.jus.br/eleitor/biometria.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]