Feira de Santana: Vereadora convida homens para participarem da campanha Laço Branco

Gerusa Sampaio: a campanha surgiu a partir de um triste episódio. No dia 6 de dezembro de 1989, um rapaz de 25 anos, Marc Lepine, invadiu uma sala de aula da Escola Politécnica, na cidade de Montreal, Canadá.
Gerusa Sampaio: a campanha surgiu a partir de um triste episódio. No dia 6 de dezembro de 1989, um rapaz de 25 anos, Marc Lepine, invadiu uma sala de aula da Escola Politécnica, na cidade de Montreal, Canadá.
Gerusa Sampaio: a campanha surgiu a partir de um triste episódio. No dia 6 de dezembro de 1989, um rapaz de 25 anos, Marc Lepine, invadiu uma sala de aula da Escola Politécnica, na cidade de Montreal, Canadá.
Gerusa Sampaio: a campanha surgiu a partir de um triste episódio. No dia 6 de dezembro de 1989, um rapaz de 25 anos, Marc Lepine, invadiu uma sala de aula da Escola Politécnica, na cidade de Montreal, Canadá.

A vereadora Gerusa Sampaio (DEM), usou a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta quarta-feira (04/12/2019), para tratar sobre a campanha do Laço Branco. A campanha tem como objetivo sensibilizar, envolver e mobilizar os homens no engajamento pelo fim da violência contra a mulher. A democrata também contou a história que originou a ação.

“A Campanha surgiu a partir de um triste episódio. No dia 6 de dezembro de 1989, um rapaz de 25 anos, Marc Lepine, invadiu uma sala de aula da Escola Politécnica, na cidade de Montreal, Canadá. Ele ordenou que os homens se retirassem da sala, permanecendo somente as mulheres. Gritando: “vocês são todas feministas?”, ele assassinou 14 mulheres. Em seguida, suicidou-se”, relatou a vereadora. E completou “O rapaz deixou uma carta na qual afirmava que havia feito aquilo porque não suportava a ideia de ver mulheres estudando engenharia, um curso tradicionalmente dirigido ao público masculino”, lamentou.

Em aparte, o vereador Edvaldo Lima (PP) parabenizou a colega pelo posicionamento e incentivou a população a frequentar igrejas. “Esses casos acontecem porque o povo, em especial os homens, não procuram por Deus”, disse.

De volta com a palavra, a edil ainda lembrou da Lei nº 3917, de 18 de dezembro de 2018, que instituiu o dia 06 de dezembro como o Dia Municipal de mobilização dos homens pelo fim da violência contra as mulheres – Laço Branco, no Município de Feira de Santana.

“Essa Lei vai completar um ano. Eu conto com o apoio dos meus pares e da população para a conscientização contra as agressões. O apoio dos homens contra a violência é muito importante. Não podemos mais fechar os olhos frente a violência”, finalizou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110934 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]