Com trabalho sobre a bata do feijão em Feira de Santana, alunos da Escola Municipal Chico Mendes têm duas produções premiadas

Alunos da Escola Municipal Chico Mendes participaram da edição 2019 do projeto ‘Feira Que Te Quero Ver’ e foram premiados.
Alunos da Escola Municipal Chico Mendes participaram da edição 2019 do projeto ‘Feira Que Te Quero Ver’ e foram premiados.
Alunos da Escola Municipal Chico Mendes participaram da edição 2019 do projeto ‘Feira Que Te Quero Ver’ e foram premiados.
Alunos da Escola Municipal Chico Mendes participaram da edição 2019 do projeto ‘Feira Que Te Quero Ver’ e foram premiados.

O preparo da terra, a espera pela chuva, a reunião da comunidade, os cantos, a separação de vagem e feijão. Isso é a bata do feijão, tradição cultural que segue viva nos distritos de Feira de Santana. Os alunos da Escola Municipal Chico Mendes foram até o Distrito de Tiquaruçu para conhecer de perto esse processo. E o seu relato lhes rendeu a terceira melhor fotografia e o melhor vídeo do Feira Que Te Quero Ver 2019.

A solenidade de premiação aconteceu na tarde desta terça-feira, 17, na Associação Atlética Banco do Brasil, AABB, no bairro Jardim Cruzeiro. Após meses de dedicação ao estudo e pesquisa sobre festividades locais de Feira de Santana, 12 alunos de cada uma das 18 escolas que participaram do projeto este ano foram conhecer as melhores produções da quarta edição do Feira Que Te Quero Ver.

Lais Lima, diretora da Chico Mendes, conta que a escolha pela bata veio por que eles queriam falar sobre algo diferente. “Queríamos tratar de um tema não tão comum, como a Micareta ou o São João, por exemplo”. A princípio, seria feita uma simulação da festividade na própria escola. Mas, lá mesmo, havia alguém muito próximo dessa tradição: Duarte Ferreira, o vigilante da escola. E os estudantes foram até Tiquaruçu.

O sítio da família de Duarte fica na fazenda Malhada Nova. Foi lá que os alunos acompanharam as festas e o preparo do feijão. “Eles conversaram com o pessoal da comunidade. Ouviram o porquê da bata ser uma festividade para aquelas pessoas, entenderam qual o seu sentido, como os jovens vêm se inserindo nessa tradição. É um momento gratificante para nós por que nos empenhamos muito”, afirma a diretora.

O secretário de Educação, Marcelo Neves, parabenizou a todos os envolvidos no projeto. “Não tem como não se contagiar e se empolgar com a alegria de vocês. Fico muito feliz em ver o tamanho do envolvimento que alunos e professores demonstraram. Conhecer e contar a história do nosso povo é muito importante. Uma sociedade sem história é uma sociedade sem futuro. Essa é a Feira que queremos ver”, disse.

O Feira Que Te Quero Ver 2019

Esta é a quarta edição do projeto desenvolvido pela Prefeitura. A tarde de premiação foi também um momento de reconhecimento. A ex-secretária de Educação e idealizadora do Feira Que Te Quero Ver, Jayana Ribeiro, foi a grande homenageada da tarde. Os alunos da Camerata da Escola Municipal Ana Brandoa e a estudante Naely Figueredo dedicaram-lhe a música “Como é grande o meu amor por você”, de Roberto Carlos, executada com violão e violinos.

Em sua fala, Jayana saudou o secretário de Educação, Marcelo Neves, e a chefe de Gabinete da Seduc, Ana Paula Soto, que compuseram a mesa diretiva junto com ela. “Pensamos muito nesse projeto. Queríamos resgatar a história da nossa cidade; que vocês conhecessem a construção dos bairros em que moram. É uma grande alegria participar desse momento e estar no meio de vocês. Uma honra fazer parte da história da Seduc e de tantos projetos como esse. Gratidão é a palavra”. O secretário de Educação, Marcelo Neves, também foi homenageado durante a solenidade.

A solenidade de premiação do Feira Que Te Quero Ver contou com apresentações culturais diversas. Com um show de voz e violão, a aluna Naely Figueredo tocou e cantou várias músicas junto com a plateia. Além dela, se apresentaram Cesinha dos Olhos D’Água, o Mestre Robson e Associação de Capoeira Tradição da Bahia e a Camerata da Escola Municipal Ana Brandoa, formada por alunos do projeto Acordes, executado pela Belgo Bekaert Arames em parceria com a Seduc.

Patrimônio Histórico-Cultural

O “Feira Que Te Quero Ver” visa promover a difusão do patrimônio histórico-cultural do município a partir do estudo dirigido e da visitação de estudantes e professores aos bairros, distritos e entorno das escolas, além de incentivar o uso da tecnologia a favor da educação.

Até a premiação, os estudantes participaram de oficinas de produção de vídeo, de edição de imagens e da elaboração de e-books, para a apropriação de técnicas básicas e produção de seus materiais. As oficinas aconteceram nas próprias escolas.

Com a temática deste ano, a equipe coordenadora do programa buscou aproximar a comunidade estudantil dos momentos festivos marcantes de Feira de Santana e de sua riqueza cultural, além de rememorar eventos que ficaram registrados na história do município.

As produções estiveram disponíveis para votação da comunidade feirense e foram também avaliadas por uma comissão composta por professores, pesquisadores e produtores ligados à articulação do audiovisual com a educação.

Categoria Vídeo:

1º lugar: Escola Municipal Chico Mendes

2º lugar: Escola Municipal Quinze de Novembro

3º lugar: Escola Municipal Álvaro Pereira Boaventura

Categoria E-book

1º lugar: Colégio Municipal Eduardo Froes da Mota

2º lugar; Escola Municipal Doutor Clóvis Ramos Lima

3º lugar: Escola Municipal Álvaro Pereira Boaventura

Categoria Fotografia

1º lugar: Escola Municipal Rosa Maria Esperidião

2º lugar: Escola Municipal Professora Eli Queiroz de Oliveira

3º Lugar: Escola Municipal Chico Mendes

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116759 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.