Cerca de 915 milhões de pessoas dependem das montanhas para garantir seu sustento

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Vista de comunidade rural da Áustria.
Vista de comunidade rural da Áustria.
Vista de comunidade rural da Áustria.
Vista de comunidade rural da Áustria.

No Dia Internacional da Montanha, marcado neste 11 de dezembro de 2019, as Nações Unidas estão dando destaque à importância que estes recursos têm para a juventude.

A ONU diz que “para a juventude rural, morar nas montanhas pode ser difícil.” Mas quando os jovens migram, “a agricultura fica abandonada, a terra degradada e as tradições culturais são perdidas.”

Recursos                                                       

Os habitantes das montanhas estão entre as pessoas mais pobres do mundo. Para a ONU, educação, acesso ao mercado, oportunidades de emprego e bons serviços públicos podem garantir um futuro melhor para os jovens.

Este ano, as Nações Unidas destacam que a juventude deve assumir a liderança e “exigir que as montanhas e os povos das montanhas se tornem centrais nas agendas de desenvolvimento nacional e internacional.” Também devem pedir que estes territórios recebem mais atenção, investimentos e pesquisa.

Importância

As montanhas abrigam 15% da população mundial e um quarto dos animais e plantas terrestres do mundo. Segundo a ONU, 22% da superfície terrestre é coberta por montanhas, que têm um papel crítico para o crescimento econômico sustentável.

Cerca de 915 milhões de pessoas dependem das montanhas para garantir o seu sustento, ou 13% da população mundial.

Metade de toda a água doce usada pela humanidade todos os dias vem das montanhas. Para a ONU, a sua conservação é essencial para o desenvolvimento sustentável e faz parte da meta 15 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs.

Ameaças

As montanhas estão sendo ameaçadas pela mudança climática e pela exploração excessiva. À medida que o clima global continua aquecendo, seus habitantes enfrentam lutas ainda maiores para sobreviver.

O aumento da temperatura também significa que as geleiras das montanhas estão derretendo com uma velocidade sem precedentes, afetando a quantidade de água disponível para milhões de pessoas.

A ONU afirma que “esse problema afeta todas as pessoas”, que “devem reduzir sua pegada de carbono para cuidar desses tesouros naturais.”

O Dia Internacional da Montanha foi criado pela Assembleia Geral e é comemorado desde 2003, com o objetivo de ressaltar a importância do desenvolvimento sustentável das regiões montanhosas.

*Com informações da ONU News.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113655 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]