Baralho do Crime passa por última substituição de 2019, informa SSP Bahia

Ações simultâneas em Itabuna prendem 14 pessoas.
Ações simultâneas em Itabuna prendem 14 pessoas.

Salvador, Camaçari, Feira de Santana e Iguaí são os municípios de atuação dos seis criminosos inseridos no Baralho do Crime, ferramenta lúdica da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), que auxilia na busca pelos criminosos procurados no estado. Quatro homicidas e um traficante estão entre os alvos.

O novo ‘Ás de Ouro’ do baralho é o traficante Cristiano da Silva Moreira, o ‘Dignow’, ‘Maluco’ ou ‘Azuado’. O criminoso que antes ocupava a carta ‘3 de Paus’, atua no bairro de Brotas, em Salvador, e substitui José Francisco Lumes, o ‘Zé de Lessa’.

De Feira de Santana, o homicida Adilton dos Santos Souza, conhecido como ‘Adilton Negão’, ‘Jogador’ ou ‘Samurai’, é o substituto de ‘Dignow’ na carta ‘3 de Paus’. “Ele é um dos responsáveis por comandar o tráfico de drogas e por diversos homicídios na região”, contou o coordenador da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Feira de Santana), delegado Roberto da Silva Leal.

Jhon Herbert Silva de Sousa, o ‘Saul’, e Cleidson Pereira Vieira, apelidado de ‘Alemão’, que também atuam na capital baiana, são os novos ‘10’ e ‘3 de Ouros’, respectivamente. Procurado por homicídio, ‘Saul’ ocupa o lugar de Abel Miranda Campos. Já ‘Alemão’, com mandado de prisão por tráfico de drogas, substitui Antônio Moreira da Costa Júnior.

Vem do município de Iguaí, à 497 quilômetros de Salvador, Wilson Santos Soledade, o ‘Índio’, novo ‘Rei de Ouros’. Procurado por homicídio qualificado, o criminoso, foragido do sistema penitenciário vestido de mulher, é procurado por homicídio qualificado e passa a estampar a carta que antes era de Allan de Araújo Ferreira, o ‘Allan Cabeludo’.

Já o homicida Anderson da Silva Bacelar, o ‘Anso’, que atua município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), passa a preencher a vaga que antes era de Anaílton de Jesus Marinho, o ‘Pito’ ,na carta ‘3 de Espadas’.

O cidadão pode colaborar com a localização desses e de outros criminosos procurados em todo estado ligando para os números do Disque Denúncia através do (71) 3235-0000 (Salvador e RMS) e 181 (Interior) ou pelo site oficial da ferramenta (disquedenuncia.com) no ‘Denuncie Aqui’. O sigilo é garantido.

*Com informações da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP Bahia).

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110006 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]