Região Metropolitana de Salvador terá primeira Policlínica Regional de Saúde, diz Governo Rui Costa

Futura sede da Policlínica Regional de Saúde da Região Metropolitana de Salvador.
Futura sede da Policlínica Regional de Saúde da Região Metropolitana de Salvador
Futura sede da Policlínica Regional de Saúde da Região Metropolitana de Salvador.
Futura sede da Policlínica Regional de Saúde da Região Metropolitana de Salvador

Nesta sexta-feira (29/11/2019), com a inauguração da Policlínica Regional de Saúde instalada em Simões Filho, a Bahia irá alcançar a marca de 15 unidades deste tipo em funcionamento. Serviços ambulatoriais especializados e exames de alta complexidade estarão a disposição dos cerca de 785 mil baianos que moram nos municípios de Camaçari, Conde, Dias D’ávila, Lauro de Freitas, Mata de São João e Simões Filho.

No edifício de três pavimentos, os pacientes terão acesso a uma variedade de especialidades médicas, a exemplo de angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia. Também serão oferecidos diversos exames, como ressonância magnética, tomografia, mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, eletromiografia, raio-X, eletrocardiograma, endoscopia, colonoscopia, entre outros.

Com investimento superior a R$ 18,6 milhões entre obras, equipamentos e micro-ônibus, a nova Policlínica Regional de Saúde foi instalada em um prédio onde funcionava outro órgão do Governo do Estado. Na unidade trabalharão 106 profissionais. São médicos, enfermeiros, psicólogo, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, assessores técnicos, assistente social, técnicos em enfermagem, técnicos em radiologia e assistentes administrativos.

A gestão da policlínica será realizada em parceria entre Governo do Estado e os municípios que integram os consórcios. Os municípios cobrem 60% dos custos de operação, sendo que o valor é dividido proporcionalmente ao número de habitantes de cada um deles, e o Estado fica responsável pelos 40% restantes.

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, o conceito dos consórcios regionais tem mudado a maneira de enxergar o sistema de saúde estadual. “Estamos consolidando esse modelo vitorioso, que tem se tornado cada vez mais uma referência de sucesso em todo o Brasil. É referência porque muda o paradigma entre os municípios, diminui os atritos e cria uma nova visão do sistema de saúde, em que todos se sentem parte do processo”, afirma.

Policlínicas Regionais

Catorze Policlínicas Regionais de Saúde já estão em funcionamento na Bahia. As unidades estão disponíveis para os 7,1 milhões de cidadãos de 279 municípios das regiões de Guanambi, Jequié, Irecê, Alagoinhas, Feira de Santana, Valença, Santo Antônio de Jesus, Teixeira de Freitas, Paulo Afonso, Juazeiro, Vitória da Conquista, Jacobina, Itabuna e Senhor do Bonfim. Além das que já estão em funcionamento e da entrega em Simões Filho outras quatro policlínicas estão em construção nos municípios de Salvador (duas unidades), Barreiras e São Francisco.

Caps e Academia da Saúde

Além da entrega da policlínica regional de Saúde, serão inaugurados um Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e uma academia da saúde. Os equipamentos fazem parte do Programa de Fortalecimento do Sistema Único de Saúde – PROSUS, com financiamento de recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento-BID, por meio de contrato firmado entre o Banco e o Governo do Estado da Bahia, sendo executado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Com investimento total de R$1,96 milhão, o Caps será responsável pelo acompanhamento clínico e reinserção social dos usuários, a exemplo do acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários. É um serviço de atendimento de saúde mental criado para ser substitutivo às internações em hospitais psiquiátricos.

Para instalação da Academia de Saúde, que ficará na Praça da Bandeira foram investidos cerca de R$300 mil. O novo espaço vai contribuir para a promoção da saúde da população a partir da implantação de polos com infraestrutura, equipamentos e quadro de pessoal qualificado para a orientação de práticas corporais e atividade física e de lazer e modos de vida saudáveis.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108143 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]