Publicitários da Bahia foram os mais otimistas para 2019, aponta pesquisa

Vera Rocha, presidente do Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia (Sinapro-Bahia).
Vera Rocha, presidente do Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia (Sinapro-Bahia).

A Bahia foi o estado que mais se destacou no quesito otimismo na pesquisa VAN Pro (Visão de Ambiente de Negócios em Agências de Propaganda). Realizada trimestralmente pela Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro), ela indicou que, no geral, as agências de propaganda brasileiras preveem que 2019 deve ser um ano estável em relação ao anterior, sem melhora, mas também sem queda. Apesar disso, 63% dos publicitários baianos acreditam que este ano será melhor que 2018 para o segmento.

”As agências baianas acreditam na superação desses desafios, porque entendem que a publicidade é a melhor ferramenta para as empresas alavancarem os seus negócios especialmente em momentos de crise”, pontua Vera Rocha, presidente do Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia (Sinapro-Bahia).

Entre as regiões do Brasil, o Nordeste mostrou-se a mais otimista, com 93% dos respondentes com a expectativa de ter o ano melhor (47%) ou igual (46%) a 2018. O estudo coletou dados de agências de todo o Brasil, no início do quarto trimestre de 2019 e reflete a visão de 173 empresas de todas as regiões.

No geral, o estudo indica que as agências de propaganda preveem que 2019 deve ser um ano estável em relação ao anterior. Os resultados obtidos foram obtidos ao longo das duas primeiras semanas de outubro deste ano e refletem a performance das agências no terceiro trimestre, além das perspectivas para o quarto trimestre de 2019 e para o ano como um todo.

Na coleta mais recente, houve uma frustração com relação à performance no terceiro trimestre, mas somados os índices dos que preveem um quarto trimestre melhor ou igual, o resultado é maior do que o do trimestre anterior (85% agora/ 83% no trimestre passado).O que mudou foi o número dos que acham que permanecerá igual no próximo trimestre (de 30% para 40%). Com relação ao ano como um todo, houve aumento do índice que retrata aqueles que esperam um ano igual, “andando de lado” (de 32% para 43%).

O estudo é realizado desde o início de 2017, quando a Fenapro começou a coletar dados visando acompanhar trimestralmente o clima para desenvolvimento de negócios e as expectativas do setor ao longo do ano.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109818 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]