Procura por exames de prevenção ao câncer de próstata é considerada baixa, informa prefeitura de Feira de Santana

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Fachada do Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez.
Fachada do Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez.
Fachada do Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez.
Fachada do Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez.

A procura pelos exames de prevenção ao câncer de próstata nos equipamentos mantidos pela Prefeitura através da Fundação Hospitalar de Feira de Santana ainda é considerada baixa, faltando poucos dias para o término do Novembro Azul, mês alusivo à saúde do homem. Desde o início deste mês, o Governo do prefeito Colbert Martins Filho ampliou a oferta de exames no Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem (CMDI) e no Centro Municipal de Prevenção ao Câncer (CMPC).

Nestes equipamentos são disponibilizados, gratuitamente, consultas e exames com urologista, exames de PSA, Ultrasom de próstata, Ultrasom das Vias-Urinárias e Abdominal e Raio X.

Conforme dados do Laboratório do Hospital Inácia Pinto dos Santos (HIPS) foram realizados na Campanha Novembro Azul, de 1º à 21 de novembro, 216 exames PSA Livres e 325 exames PSA Total, resultando em um total de 541 exames. O agendamento é feito através do CMPC, Unidades Básicas de Saúde e via Central de Regulação.

O prefeito Colbert Martins Filho, médico por formação, ressalta a importância da realização dos exames e convoca a população masculina de Feira de Santana. “Para um homem consciente, a prevenção faz toda a diferença. As ações serão promovidas até o dia 30, último dia do mês, com o intuito de conscientizar a todos sobre a prevenção do câncer que mais acomete homens no país”, ressaltou.

Colbert também faz um alerta importante: “É bom alertar aos homens com sobrepeso e obesos que estes possuem maior risco de desenvolver câncer de próstata”, frisou o prefeito.

O CMPC está fazendo os agendamentos para o PSA até o dia 29 deste mês, informa a coordenadora Kênia Lasse. ”Embora este mês inteiro esteja sendo dedicado à atenção à saúde do homem, a procura para a prevenção do Câncer de Próstata ainda é  baixa em comparação à demanda feminina no Outubro Rosa. Mas, até o final da campanha teremos mais uma semana específica que vai trazer uma série de ações nesse sentido. Vamos trabalhar uma semana de visibilidade”, ressalta a coordenadora do CMPC.

Kênia Lasse esclarece que mesmo após o encerramento da campanha, no dia 29 de novembro, o atendimento continua para aqueles homens que tiverem em mãos a solicitação dos exames agendados via Central de Regulação.

A coordenadora atribui a pequena procura para a prevenção do câncer de próstata ao “preconceito, falta de informação, e ideias equivocadas. Estas são algumas das características do comportamento masculino quando o assunto é saúde, sobretudo quando envolve a próstata”, acrescenta.

O câncer de próstata é a doença mais comum entre os homens, principalmente após os 50 anos de idade – embora possa ser diagnosticado também em pacientes mais jovens. O segundo mais comum entre os brasileiros, perdendo apenas, para o câncer de pele não melanoma. Para homens afrodescendentes e pessoas com histórico familiar de câncer de próstata, devem iniciar a prevenção aos 45 anos. No Brasil, a cada dez pessoas diagnosticadas com câncer de próstata, nove têm mais de 55 anos. A doença é causada por uma alteração genética (mutação) nas células da próstata.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113826 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]