Prefeitura de Feira de Santana encerra campanha 2019 do Outubro Rosa com 3.361 mamografias realizadas

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Fachada da Secretaria de Saúde de Feira de Santana.
Fachada da Secretaria de Saúde de Feira de Santana.
Fachada da Secretaria de Saúde de Feira de Santana.
Fachada da Secretaria de Saúde de Feira de Santana.

Com um total de 3.361 mamografias realizadas, a Prefeitura encerrou nesta quinta-feira (31/10/2019), a campanha Outubro Rosa em Feira de Santana. Durante o mês de outubro, mulheres de 50 a 69 anos de idade puderam realizar a mamografia por demanda espontânea e de forma gratuita através do Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem (CMDI), Ambulatório do Hospital Dom Pedro de Alcântara e Centro de Pesquisa e Assistência em Reprodução Humana (CEPARH).

Na avaliação da enfermeira referência técnica em saúde da mulher, Alessandra Magalhães, o quantitativo supera a média das mamografias realizadas por mês durante todo o ano, porém ainda assim não é o ideal.

“Apesar de ser um número significativo, não é o ideal, já que não precisamos aumentar a quantidade de vagas durante a campanha, pois sobram por mês em torno de 2.400 mamografias. Isso representa uma falta de interesse das mulheres”, justifica.

“Temos que saber que a pessoa mais importante da nossa vida somos nós mesmo, quando adoecemos não podemos realizar nenhuma atividade, ficamos limitados, e por isso é preciso pensar em si e cuidar da própria saúde”, completa Alessandra.

O prefeito Colbert Martins Filho, que é médico, observa que além da mamografia, o autoexame é muito importante para o diagnóstico do câncer de mama. “Através do toque é possível encontrar nódulos ou alterações nas mamas. Mas também é muito importante que as mulheres que não compareceram as unidades de saúde para realizar a mamografia, façam mesmo após o Outubro Rosa, pois os equipamentos da Prefeitura disponibilizam vagas para o exame durante todo o ano”.

Com o encerramento da campanha, as mulheres de 50 a 69 anos de idade que ainda não realizaram a mamografia devem procurar a unidade básica de saúde da área de abrangência de sua residência para realizar a consulta com médico ou enfermeiro a partir desta avaliação a paciente recebe os encaminhamentos necessários.

Já o exame preventivo, que pode diagnosticar o câncer de colo do útero, é realizado em todas as unidades básicas de saúde. Para realizar, um paciente deve procurar a unidade mais próxima de sua residência. “Caso haja alguma alteração na citologia, seja solicitada uma colposcopia, que seja um exame mais detalhado”, explica o prefeito Colbert Filho.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113816 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]