Prefeito Colbert Martins Filho participa da instalação do Plano de Auxílio Mútuo de Feira de Santana

Prefeito Colbert Martins Filho discursa durante lançamento do Plano de Auxílio Mútuo de Feira de Santana (PAM).

Prefeito Colbert Martins Filho discursa durante lançamento do Plano de Auxílio Mútuo de Feira de Santana (PAM).

O prefeito Colbert Martins Filho participou, na manhã desta quarta-feira (20/11/2019), do lançamento do Plano de Auxílio Mútuo de Feira de Santana (PAM), instrumento que visa produzir respostas rápidas às ocorrências de acidentes de natureza climática e eventos extremos envolvendo cargas de produtos nocivos, a exemplo de vazamento de produtos químicos que representem riscos à vida e a integridade física da população.

A consolidação deste projeto é o resultado de inúmeros encontros e reuniões entre as instituições públicas que integram o PAM, composto pela Defesa Civil do Município, secretarias de Prevenção à Violência e de Meio Ambiente, Centro das Indústrias de Feira de Santana (CIFS), Corpo de Bombeiros Civis, Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), e a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB).

Além de estabelecer um elo com as autoridades públicas responsáveis pelas respostas às emergências, o PAM está voltado à promoção de programas de treinamento, simulação de emergências e avaliação de resultados, se utilizando de recursos humanos e materiais mínimos à sua operacionalização.

A ideia norteadora da iniciativa, de acordo com Pedro Américo, coordenador da Defesa Civil, é promover a integração das entidades que atuam na área de segurança, “num esforço conjunto de todas as instituições, porque não se trata apenas de uma ação de governo”.

Seguindo este princípio, toda a empresa sediará, periodicamente, um treinamento, exercício ou simulado, em conformidade com a resolução aprovada. Neste sentido, o planejamento e o detalhamento do simulado será da responsabilidade de cada empresa, sob a coordenação do PAM.

Citando o exemplo das oito toneladas de material descartado na estrada de Carro Quebrado, no distrito de Maria Quitéria, sexta-feira passada, que se chegou a cogitar que seria idêntico ao óleo tóxico proveniente do acidente ecológico que atingiu as praias do literal do Nordeste, quando ficou comprovado tratar-se de borra de neutralização de óleo de algodão oriundo da Estação de Tratamento de Efluentes (ETE), o prefeito Colbert Filho defendeu a articulação das ações entre os órgãos envolvidos, como bússola norteadora do Plano de Auxílio Mútuo.

“A Prefeitura tem todo o interesse de participar ativamente deste Plano, que deve contar com um setor de comunicação adequado e eficiente para dirimir quaisquer tipos de dúvidas sobre a natureza dos eventos envolvendo acidentes desta natureza“, disse o mandatário do município.

Realizado num auditório de convenção do SESI, no Alto do Cruzeiro, a cerimônia de instalação do PAM contou ainda com as presenças do comandante do 35º Batalhão de Infantaria, coronel Janilson Campos Teixeira, comandante do Corpo de Bombeiros, José Alberto, Pablo Roberto, secretário de Prevenção a Violência, Antônio Sampaio(FIEB) Maiza Macedo (SAMU).

Publicidade

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]