Petrobras eleva em 4% preço da gasolina nas refinarias; Governo Bolsonaro prossegue com política de dolarização da economia interna

Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras, defende política neoliberal do Governo Bolsonaro, de dolarização dos preços dos combustíveis.
Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras, defende política neoliberal do Governo Bolsonaro, de dolarização dos preços dos combustíveis.
Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras, defende política neoliberal do Governo Bolsonaro, de dolarização dos preços dos combustíveis.
Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras, defende política neoliberal do Governo Bolsonaro, de dolarização dos preços dos combustíveis.

A Petrobras (PETR4.SA) elevou o preço da gasolina nas refinarias em aproximadamente 4% nesta quarta-feira (27/11/2019), na segunda alta em pouco mais de uma semana, informou a petroleira estatal em seu site, em meio à valorização do dólar em relação ao real.

Com a alta, o combustível atingiu cerca de 1,91 real por litro. O diesel, em contrapartida, foi mantido estável.

O repasse de ajustes de valores nas refinarias aos consumidores finais nos postos depende de diversos fatores, como margens de revendedoras e distribuidoras, misturas de biocombustíveis e impostos.

*Com informações da Agência Reuters.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112662 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]