FUP decide suspender mobilização de petroleiros da Petrobras

Vista noturna da Refinaria Landulpho Alves (RLAM).
Vista noturna da Refinaria Landulpho Alves (RLAM).
Vista noturna da Refinaria Landulpho Alves (RLAM).
Vista noturna da Refinaria Landulpho Alves (RLAM).

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) informou nesta quarta-feira que decidiu suspender a mobilização de petroleiros da Petrobras iniciada na segunda-feira com previsão de durar cinco dias, informou a entidade em nota, ao afirmar que o efeito do movimento foi positivo.

Segundo nota da FUP, “o movimento conseguiu chamar a atenção da sociedade para a política de demissões e transferências em massa, de venda de ativos e de reajustes constantes da gasolina e do óleo diesel promovida pela atual gestão da empresa”, além de garantir a produção de petróleo e o abastecimento de combustíveis para a população.

Os petroleiros haviam decido manter a mobilização, mesmo após um ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST) ter impedido uma greve.

Na segunda-feira, o ministro Ives Gandra Martins, do TST, suspendeu repasses aos sindicatos pelo descumprimento da liminar que impedia o movimento grevista. Também determinou o bloqueio cautelar das contas das entidades sindicais no limite de 2 milhões de reais a cada dia de prosseguimento do movimento dos trabalhadores.

Cinco sindicatos assinam Acordo Coletivo de Trabalho 2019-2020

A Petrobras e cinco entidades sindicais assinaram, nesta sexta-feira (22/11), o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2019-2020. O acordo, resultante da proposta feita pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), é retroativo a 01/09/2019 e tem vigência até 31/08/2020.

Assinaram o acordo os seguintes sindicatos:

– Alagoas/Sergipe

– Litoral Paulista

– Pará/Amazonas/Maranhão/Amapá

– Rio de Janeiro

– São José dos Campos

*Com informações de Marta Nogueira e Pedro Fonseca, da Agência Reuters.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109821 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]