Festival de música atrai visitantes a Itacaré e garante boa ocupação hoteleira no feriado da Independência

Itacaré é opção de lazer no feriado da Independência.
Itacaré é opção de lazer no feriado da Independência.
Itacaré é opção de lazer no feriado da Independência.
Itacaré é opção de lazer no feriado da Independência.

Shows gratuitos e apresentação de grupos culturais integram a programação do Festival Música Boa, a ser realizado em Itacaré nesta sexta-feira e sábado (15 e 16 de novembro de 2019), durante o feriado prolongado da Proclamação da República. No período do evento, que tem apoio do Governo do Estado, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa), o município registra ocupação hoteleira de 100%.

De acordo com o secretário municipal de Turismo, o Festival Música Boa é uma das iniciativas desenvolvidas pelo município para atração de visitantes e já apresenta resultado nesta primeira edição: 100% de ocupação hoteleira proporcionada por turistas de todo o Brasil. Os hotéis Ecoporan e Terra Boa e a pousada Vila do Dengo, por exemplo, estarão lotados e vão receber hóspedes de Salvador, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Curitiba, dentre outras cidades.

Festival Música Boa

Além de shows de artistas como Armandinho Macedo, Yacoce Simões e Emanuel Stanchi e de bandas como Banda Meu Som Instrumental, Banda Pecados Capitais, o festival terá espaço para apresentações culturais com grupos de capoeira, grupos de percussão e desfile de fanfarras. Feira da economia criativa e circuito gastronômico também compõem a programação.

Rica em atrativos, Itacaré recebe seus visitantes.  As belas praias, propícias a esportes como o surf, não são as únicas alternativas para quem quer aproveitar a estada na cidade da Costa do Cacau. Há também trilhas, cachoeiras, circuito histórico e fazendas de cacau abertas à visitação.

Sobre Carlos Augusto 9515 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).