Feira de Santana: Vereador cobra semáforo no Bairro Gabriela

Ronaldo Almeida (Ron): regiões consideradas nobres não enfrentam esse problema. Há mais de três anos que busco um semáforo para auxiliar na redução de acidentes naquela região.
Ronaldo Almeida (Ron): regiões consideradas nobres não enfrentam esse problema. Há mais de três anos que busco um semáforo para auxiliar na redução de acidentes naquela região.
Ronaldo Almeida (Ron): regiões consideradas nobres não enfrentam esse problema. Há mais de três anos que busco um semáforo para auxiliar na redução de acidentes naquela região.
Ronaldo Almeida (Ron): regiões consideradas nobres não enfrentam esse problema. Há mais de três anos que busco um semáforo para auxiliar na redução de acidentes naquela região.

O vereador Ronaldo Caribé- Ron do Povo (PTC) usou seu tempo na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária desta quarta-feira (06/11/2019), para cobrar do Poder Público reavaliações sobre a viabilidade de implantação de semáforos em cruzamentos de vias importantes da cidade, em especial o trecho da avenida Eduardo Fróes da Mota que dá acesso ao bairro Gabriela

Ainda na tribuna, Ron do Povo teceu duras críticas ao superintendente Municipal de Trânsito, Maurício Carvalho. Conforme o edil, desde o início de seu mandato ele tem solicitado a instalação de semáforos e redutores de velocidade na região.

“Regiões consideradas nobres não enfrentam esse problema. Há mais de três anos que busco um semáforo para auxiliar na redução de acidentes naquela região. Sempre acontece acidente, o povo reclama e eu não consigo resolver esse problema. Sempre que procuro por Maurício Carvalho não o encontro em seu trabalho. Se for necessário pagarei do meu bolso”, frisou.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108688 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]