Feira de Santana em história: A cidade em novembro de 1963 | Por Adilson Simas

Registro de 1963 do centro da cidade de Feira de Santana, com destaque para Igreja Senhor dos Passos.
Registro de 1963 do centro da cidade de Feira de Santana, com destaque para Igreja Senhor dos Passos.
Registro de 1963 do centro da cidade de Feira de Santana, com destaque para Igreja Senhor dos Passos.
Registro de 1963 do centro da cidade de Feira de Santana, com destaque para Igreja Senhor dos Passos.

Vamos viajar no tempo, voltar a Feira de Santana de 1963, e lembrar o que estava acontecendo na Feira de Santana há 56 anos, mais precisamente em 9 de novembro que caiu num sábado, dia em que chegavam aos anunciantes, assinantes e leitores os semanários da cidade.

Mais disputada casa de ensino, o Colégio Santanópolis anunciou para o período de 16 a 30 as inscrições para os famosos exames de admissão à primeira série. Assinada pela secretária Maria de Lourdes de Oliveira Tanan Pinto, a nota informa que as provas serão realizadas na primeira quinzena de dezembro.

Ainda sobre estabelecimentos de ensino, o senhor Rafaelito Alves Ferreira, da Avenida Getulio Vargas “foi o felizardo do liquidificador ‘Arno’ em benefício da excursão da 3ª série do Colégio Estadual”. O bilhete premiado foi o de número 871.

Vereador da bancada udenistas, Hugo Navarro Silva teve aprovado pela câmara municipal projeto de sua autoria que “dispõe sobre a criação do Departamento Municipal de Estradas de Rodagens – o DMER”. Aprovado no legislativo logo foi enviado ao executivo.

Agente nesta cidade do Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Industriários, Adrião Bispo de Azevedo publicou edital  tornando público que o órgão desejava locar uma casa ampla e pedindo que os interessados  apresentassem suas propostas.

Deu nos jornais e foi anunciado nas emissoras de rádio: “Seguindo nova orientação a sociedade Filarmônica 25 de Março fará realizar no próximo dia 15, às 16 horas, uma tocata no Parque Bernardino Bahia”.

Vários udenistas desta cidade já estavam de malas prontas para o I Encontro Regional do Partido, marcado para a cidade de Ilhéus sob a coordenação de Henrique Cardoso, líder político ilheense. Entre as estrelas do encontro estava Carlos Lacerda.

Dono da famosa “Casa OK”, Álvaro Barbosa de Carvalho publicou anuncio vendendo “uma casa na Rua Travessa Santo Antonio 89 com dois quartos, sala, copa de vidro, sanitário completo, garagem, quintal, jardim, além de forrada e taqueada”.

Triste ficou a cidade com a morte de Maria Matilde Lima Rubem, aos 80 anos de idade. “Quinquinha” morava na Rua Cons. Franco 213 e no seu sepultamento além de parentes e amigos também a confraria N.S. do Carmo e Ordem Terceira do São Francisco.

Edital foi publicado pelo Clube dos Comerciários convocando os associados para a Assembleia Geral no dia 14 para a escolha dos novos dirigentes para o exercício do ano seguinte. O clube, de grandes lembranças, funcionava onde hoje existe a agencia central da CEF.

João Mendes da Costa Neto, deputado estadual, usou a “Folha do Norte” para desmentir nota publicada na “Gazeta do Povo”. A nota se referia a acusações que o deputado teria rre

Ofício sugerindo construir “dois ou três andares no mercado municipal” foi enviado ao prefeito Francisco Pinto por Claudemiro Campos Suzart, presidente da Associação Profissional do Comércio Varejistas de Feira de Santana, com ampla repercussão na imprensa local.

Alega Claudemiro Campos, no inicio do texto que, “os vendedores de roupas feitas e de miudezas permanecem durante o dia expostos ao tempo sem nenhuma segurança para suas barracas”, para em seguida fazer a sugestão que terminou não vingando.

Ainda sobre entidades, foi anunciada a instalação no dia 13, quarta-feira, na Rua Conselheiro Franco 144, às 20 horas, da “Associação Profissional das Empresas de Hotéis e Similares, Restaurantes, Pensões, Bares, Cafés e Confeitarias de Feira de Santana”, inclusive com a eleição da primeira diretoria.

Na sua coluna “Antônio José Comenta”, publicada na “Folha do Norte”, o festejado colunista atualmente escrevendo na “Tribuna da Bahia”, faz alusão ao trabalho da “Escola de Menores”, dando destaque ao então diretor José Maria Nunes Marques.

Também na coluna, Antônio José fala da sua ultima promoção social e aproveitar para agradecer a coordenação de Osvaldo Sales e as participações de Dival Pitombo, Milton Melo, Manuel Planzo, Hilda Carneiro, Eurico Boaventura, Juracy Dórea, Fernando Pinto de Queiroz, Orlando Sena, Waldemar da Purificação, Hamilton Lima pela Escola de Musica e outros.

*Adilson Simas, jornalista, atua em Feira de Santana.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112723 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]