Feira de Santana: Adaptação do clássico João e Maria, peça teatral estimula valores durante Semana da Cultura

Cena do espetáculo 'João e Maria'.
Cena do espetáculo 'João e Maria'.
Cena do espetáculo 'João e Maria'.
Cena do espetáculo ‘João e Maria’.

Dentro da programação da Semana da Cultura, o grupo Teatro Mágico apresentou a peça “Casa de caramelos, biscoitos e farelos”, nas praças Estação Cidadania-Cultura dos bairros Cidade Nova e Jardim Acácia. O momento reuniu crianças e adultos em uma mistura de fantasia e ao mesmo tempo no intuito de fomentar valores, através da encenação.

As apresentações atraíram um público variado entre adultos, adolescentes e crianças, que lotaram as estações nos dias 06 e 07 de novembro de 2019. A Prefeitura Municipal, através da Fundação de Cultura Egberto Costa, elaborou uma programação com o objetivo de incentivar princípios e valores em virtude da participação de crianças e famílias, em eventos como esse.

“E o resultado dessas atividades é o aprendizado que as crianças levam para casa, pois a lição aplicada nas apresentações. Achamos muito importante passar sempre para as crianças uma lição de moral. Imaginamos que devemos tocar as pessoas e passar um ensinamento” explica o diretor do espetáculo, Lion Guimarães.

Caráter educativo

A história é uma adaptação do conto “João e Maria”, mas valoriza em cada detalhe as escolhas e o resultado delas, bem como o resultado negativo da desobediência aos pais ou responsáveis.

“O nosso maior desafio era conseguir transparecer isso de uma forma lúdica, brincante e de como é importante escutar os conselhos e obedecer nossos pais, tentando sempre fazer as coisas certas”, completa o diretor.

Para a atriz Nanne Lins, que interpreta a personagem Maria, a resposta do público é imediata. “A melhor recompensa é ver os olhinhos deles brilhando, abraçando a gente no final da apresentação, dizendo que amou, agradecendo”, explica emocionada.

Matheus Magalhães, responsável por dar vida ao personagem João, faz teatro desde 2014, e explica que o aprendizado também é assimilado pelos atores. “Fico motivado a fazer teatro infantil pela fascinante conexão das crianças e adultos. A nossa criança floresce nos teatros infantis. Isso impulsiona, é algo que liberta todo mundo e principalmente quem está no palco”, revela o ator.

Garantir acesso ao ambiente cultural

O presidente da Fundação Egberto Costa, Antônio Carlos Coelho, explica que a escolha das Estações para a comemoração do Dia da Cultura teve o objetivo de maximizar o acesso das pessoas ao ambiente cultural.

“As pessoas precisam de cultura. Foi-se o tempo em que a cultura era destinada a um público específico. A cultura reduz a falta de informação e incentiva as pessoas a buscarem conhecimento”, afirma.

Hemérito Neto, coordenador da praça ECC-Jardim Acácia, relatou que esse tipo de evento é de extrema importância para a comunidade, principalmente o público infantil. “É importante passar desde cedo para os pequenos esses valores morais que geram a relação entre convívio e sociedade, transmitindo um caráter social e educativo” declara.

Para finalizar a programação da Semana da Cultura, a peça será apresentada na Estação Cidadania do Bairro Aviário, no próximo dia 22.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120729 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.