Bahia capitaneia ações para erradicação da Peste Suína Clássica

Ações sanitárias do Governo da Bahia objetivam erradicação da Peste Suína Clássica (PSC).
Ações sanitárias do Governo da Bahia objetivam erradicação da Peste Suína Clássica (PSC).
Ações sanitárias do Governo da Bahia objetivam erradicação da Peste Suína Clássica (PSC).
Ações sanitárias do Governo da Bahia objetivam erradicação da Peste Suína Clássica (PSC).

A Bahia volta a assumir posição de referência na defesa agropecuária do país, a partir do desenvolvimento de estratégias conjuntas para a erradicação da Peste Suína Clássica (PSC), debatidas durante encontro nessa quarta e quinta-feira (28/11/2019) na sede da ADAB ,(Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia), coordenado pelo MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

A reunião técnica para alinhamento de ações com a Emdagro (Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe) contou com a presença de especialistas que discutiram a intensificação de procedimentos a serem adotados nas divisas com áreas não livre da PSC. “A Bahia é detentora de uma grande área nas divisas que precisam de mecanismos de proteção contínuos e, apesar da crise que afeta a receita estadual, a ADAB tem contribuído no combate à PSC através de reforço nas barreiras fixas e móveis”, ressaltou o diretor-geral da autarquia, Maurício Bacelar.

Dois focos de Peste Suína Clássica surgiram em Traipu, estado de Alagoas, há cerca de dois meses mas foram imediatamente erradicados, no entanto, a defesa agropecuária permanece em alerta. Até o mês de outubro, quase quatro mil propriedades rurais na Bahia foram visitadas pelos técnicos da ADAB para o monitoramento da PSC.

Nos dois dias de evento, foram definidas ações para reforço da proteção das divisas e prevenção da Peste Suína Clássica, a exemplo da fiscalização de caminhões de suínos e seus subprodutos além da intensificação de vigilância para detecção precoce de casos suspeitos.

Para o auditor do MAPA, Guilherme Zaha Takeda, “nesse momento, existe a necessidade de aprimoramento da vigilância para assegurar a sanidade dos rebanhos do Brasil”. Já a diretora de Sanidade Animal da Emdagro, Aparecida Andrade, “a troca de informações é essencial, visto que os governos de Alagoas e Bahia têm intensificado o trabalho para prevenir o ingresso da doença”.
Participaram do encontro os representantes da Associação Brasileira de Criadores de Suínos e Associação Baiana de Criadores.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111079 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]