ALBA homenageia Jornal Tribuna da Bahia pelos 50 anos de fundação

Sessão Especial na ALBA em Comemoração aos 50 anos do Jornal Tribuna da Bahia.

Sessão Especial na ALBA em Comemoração aos 50 anos do Jornal Tribuna da Bahia.

Os 50 anos do jornal Tribuna da Bahia, fundado em 21 de outubro de 1969, foram comemorados nesta quarta-feira (06/11/2019), na Assembleia Legislativa. Proposta pelo deputado Júnior Muniz (PP), a sessão especial contou com a presença de diversos parlamentares, jornalistas e autoridades civis.

O presidente da Casa, deputado Nelson Leal (PP), parabenizou o colega Júnior Muniz pela iniciativa de homenagear o diário que, segundo ele, é um grande instrumento da democracia no Estado. “A Tribuna sempre teve essa função de nos ajudar a divulgar o que acontece aqui na Casa, com muita precisão na informação”, disse.

Leal também ressaltou as dificuldades que o jornal enfrentou para chegar até os 50 anos, mas ressaltou o compromisso do veículo de comunicação com a verdade da notícia. “É um jornal completo que goza de prestígio e de respeito. O parlamentar tem a obrigação de acordar e já ler a Tribuna da Bahia, senão ele não saberá o que acontece no Estado”, elogiou.

Muniz, por sua vez, declarou que a Tribuna da Bahia está na vida de cada parlamentar, porque os bons jornalistas do diário estão sempre na Assembleia, contando a história do Parlamento. Ressaltou que o jornal nasceu em plena ditadura militar, modernizando a imprensa na Bahia e trazendo um diálogo direto com os leitores. “Falar sobre a Tribuna é muito fácil, não precisa de discurso pronto, pois está no dia a dia de cada cidadão baiano”.

O parlamentar destacou ainda o processo de constante modernização do veículo, que, de acordo com ele, foi o primeiro jornal baiano a ter um site, o portal Tribuna da Bahia, e também lembrou o jornalismo imparcial desempenhado pelo diário ao longo de sua história. “Entra e sai governo, a Tribuna continua independente, trazendo notícias do dia a dia, tanto faz se na esfera municipal, estadual ou nacional”.

“Sinto-me feliz em fazer essa justa homenagem a esse grande jornal, que para a Bahia tem sido um diferencial no jornalismo, com competência, com credibilidade. Sinto-me feliz de ser o proponente dessa sessão especial, mas essa homenagem é de todos os deputados, de toda a Casa”, afirmou.

Convidado a discursar, Joaci Góes, que dirigiu a Tribuna da Bahia por 27 anos e hoje é conselheiro da empresa jornalística, explicou que sua vivência na Tribuna da Bahia constitui-se em um dos maiores legados que poderá deixar aos seus descendentes. Ele lembrou dos primeiros anos do jornal, em que teve que se impor diante da censura do regime militar e lembrou a campanha para salvar o Instituto Brasileiro para Investigação da Tuberculose (Ibit), da Fundação José Silveira, assim como da campanha contra o tabagismo feita pelo jornal, tornando-o o primeiro no mundo a adotar a recusa de anúncios de cigarro.

Presidente da Tribuna da Bahia e da Associação Baiana de Imprensa (ABI), Walter Pinheiro agradeceu a homenagem. “Dá-nos a certeza de que o nosso trabalho não foi em vão”, disse, pontuando que o jornal completou 50 anos de circulação ininterrupta. “São poucos os jornais em atividade no Brasil detentores dessa marca”.

Pinheiro disse que 1/3 do jornal está reservado à cobertura política, o que faz dele o que mais espaços oferece aos trabalhos realizados no Legislativo baiano. “Com absoluta certeza, esta estratégia editorial nos ajudou a aqui chegar. Os ônus foram pesados, mas contribuíram para fortalecer aquilo que é o nosso maior patrimônio: a credibilidade”, disse.

Segundo Pinheiro, diante de “um longo período de crise política, socioeconômica e moral, cercado de discussões e debates que alcançam níveis de intolerância nunca antes experimentados”, o mais importante é a voz do povo ser ouvida através da imprensa e do Parlamento. “O que nos resta é reafirmar os propósitos já exercitados pela Tribuna da Bahia nestes seus 50 anos de lutas”, concluiu.

O vice-presidente da Tribuna da Bahia, Marcelo Sacramento, contou sobre o seu orgulho de trabalhar no jornal. “Costumo dizer que sou um torcedor que conseguiu vestir a camisa e jogar pelo time. Jogar na Tribuna da Bahia é motivo de muita festa”, declarou ele, afirmando, em seguida, o compromisso de imparcialidade do grupo: “A Tribuna jamais será diário oficial de ninguém”.

Além dos citados, foram convidados à Mesa o secretário estadual de Comunicação, André Curvelo, o desembargador João Augusto Alves de Oliveira Pinto, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, Jatahy Júnior, o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, o comandante da Base Aérea de Salvador, coronel Ivan luca Karpichim, o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Inaldo Araújo, e o diretor de redação da Tribuna, Paulo Roberto Sampaio.

Também prestigiaram o evento os deputados Aderbal Fulco Caldas (PP), Adolfo Menezes (PSD), Diego Coronel (PSD), Euclides Fernandes (PDT), Fátima Nunes (PT), Mirela Macedo (PSD), Alex Lima (PSB), Neusa Cadore (PT), Niltinho (PP), Olívia Santana (PC do B), Robinho (PP), Robinson Almeida (PT), Vitor Bonfim (PL) e Zé Cocá (PP).

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]