Vereador pede reforma em escola de Bonfim de Feira; Líder governista contesta

Alberto Nery: já não há mais identificação do nome da escola na fachada; o revestimento de azulejo feito nas paredes das salas de aula e corredores caiu.
Alberto Nery: já não há mais identificação do nome da escola na fachada; o revestimento de azulejo feito nas paredes das salas de aula e corredores caiu.
Alberto Nery: já não há mais identificação do nome da escola na fachada; o revestimento de azulejo feito nas paredes das salas de aula e corredores caiu.
Alberto Nery: já não há mais identificação do nome da escola na fachada; o revestimento de azulejo feito nas paredes das salas de aula e corredores caiu.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta quarta-feira (23/10/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Alberto Nery (PT) fez a leitura de um relatório de uma visita feita à Escola Municipal Álvaro Pereira Boaventura, no distrito de Bonfim de Feira.

“Estive na semana passada em um evento feito pelo vereador Luiz da Feira e Bonfim de Feira. Fui, durante a visita, convidado por pais de alunos para visitar a Escola Municipal Álvaro Pereira Boaventura e é lamentável constatar como o dinheiro público é mal-empregado. A escola passou por uma reforma há cinco anos e já se encontra como se não tivesse sido reformada há décadas”, pontuou Nery.

E continuou. “Já não há mais identificação do nome da escola na fachada; o revestimento de azulejo feito nas paredes das salas de aula e corredores caiu; as paredes estão fofas, representando risco aos alunos; as portas estão frágeis e destruídas pela ação do tempo, com lascas aparentes; o muro de proteção do entorno é baixo, o que facilita a ação de vândalos; os banheiros estão com descargas quebradas; as salas de aula são quentes, com ventiladores que não podem ser ligados por falta de rede elétrica em um lado da estrutura”, descreveu.

Nery ainda observou outras carências. “Há uma sala de informática com apenas um computador; janelas de vidro com esquadrias ruins , que não permitem a abertura total; muito  mato no entorno da escola; os quadros foram instalados de forma indevida, fazendo com que as paredes despenquem; os ar condicionados da sala dos professores não funcionam e mesmo com este cenário é possível notar o empenho, cuidado e dedicação de toda a equipe da escola, tanto de professores quanto de funcionários”, avaliou.

O vereador informou mais que tem em mãos as fotografias que mostram a realidade da escola. “Temos dois representantes do distrito aqui na Casa e espero que as providências para a recuperação sejam tomadas. Espero também que seja contratada uma empresa comprometida para reformar, de verdade, a escola e não em apenas ir lá fazer qualquer coisa e não voltar mais”, afirmou.

Em aparte, o edil Cadmiel Pereira (PSC) afirmou que é preciso ter uma resposta do Município em relação ao discurso de Nery. “Até porque ainda há o perigo do deslocamento daquelas crianças para Feira de Santana diariamente. Mas, é preciso lembrar que já são 16 anos sem a construção de uma escola estadual, a última foi a do Viveiros”, ressaltou.

Para finalizar, Nery afirmou que essa questão deve ser cobrada aos deputados, que ele faz seu papel: fiscalizar o Executivo. “Há tempos estou visitando os bairros e distritos e reivindicando melhorias. Gostaria de saber o que está acontecendo com esse prefeito, que está tudo parado. A Avenida Rio de Janeiro, há 30 dias está às escuras, as pessoas estão temerosas em se deslocar ali por conta da escuridão”, findou.

Marcos Lima rebate críticas de Alberto Nery

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta quarta-feira (23/10/2019), na Câmara Municipal, o vereador e líder do Governo na Casa, Marcos Lima (Patriota) repercutiu as críticas feitas pelo vereador Alberto Nery (PT) em relação à Escola Municipal Álvaro Pereira Boaventura, no distrito de Bonfim de Feira.

“O secretário Municipal de Educação reconhece que tem cinco anos que foi feita a última reforma na escola e que a empresa está sendo notificada para fazer os reparos necessários na instituição. Essa escola foi totalmente reformada no governo de José Ronaldo, mas com o passar dos anos houve a depreciação. Porém, será feito novos reparos. O prefeito já encaminhou a esta Casa um Projeto de Lei que visa a instalação de uma Superintendência na Prefeitura, que visa a realização de reformas e reparos em órgãos públicos, bem como escolas”, informou.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108726 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]