Vereador critica colega e lista indicações de sua autoria; Líder governista contesta

Edvaldo Lima: sou obrigado a mudar meu discurso, pois não posso me calar diante de aberrações que ouço de colegas.
Edvaldo Lima: sou obrigado a mudar meu discurso, pois não posso me calar diante de aberrações que ouço de colegas.
Edvaldo Lima: sou obrigado a mudar meu discurso, pois não posso me calar diante de aberrações que ouço de colegas.
Edvaldo Lima: sou obrigado a mudar meu discurso, pois não posso me calar diante de aberrações que ouço de colegas.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta quarta-feira (02/09/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Edvaldo Lima (PP) ressaltou que não é a favor da postura do empresário Elias Tergilene diante do funcionamento do Shopping Popular e listou indicações de sua autoria.

“Sou obrigado a mudar meu discurso, pois não posso me calar diante de aberrações que ouço de colegas. O líder do Governo usou a tribuna para me comparar a ele e não posso permitir; não votei nos R$ 13 milhões que a Prefeitura deu a este empresário e nada que trate do Shopping Popular. Eu tive coragem de peitar o senhor Tergilene, eu fui in loco na obra. Mas, vir aqui querer se aparecer, não vou permitir, pois não falou a verdade. Use a tribuna para falar a verdade, pois este vereador se respeita. Estou no meu segundo mandato com a mesma postura. Quando eu peitei Tergilene, Vossa Excelência não estava lá. Vou solicitar todas as atas que tratam sobre este assunto”, disse Edvaldo se dirigindo a Marcos Lima.

E continuou. “Quero ser um representante do povo e gozo do respeito de todos, jamais virão este vereador usar a tribuna para falar mentiras e não posso ficar calado diante do que tem acontecido no nosso Município. Fiz a indicação nº 724/2019, que solicita a pavimentação asfáltica de ruas no bairro Asa Branca. Usei meu carro para levar pessoas da Secretaria de Desenvolvimento Urbano para fazer a medição das ruas e até agora esta pavimentação não chegou. O problema é que alguns vereadores acham as obras prontas e falam que foi indicação deles, e não estão falando a verdade”, observou.

Edvaldo relatou mais outras indicações de sua autoria solicitando pavimentação de ruas no bairro Gabriela. “Já teve vereador indo na casa de moradores dizer que foi ele quem pediu o calçamento. Deveria tomar vergonha na cara. Eu coloco gasolina do meu bolso em meu carro e ando pela cidade, vejo as necessidades e faço indicações ao Governo”, disse.

Para finalizar, o edil pediu apoio dos colegas para aprovação de um Requerimento de sua autoria que visa convidar o secretário Municipal de Educação para ir à Câmara prestar esclarecimentos. “Peço apoio dos colegas e na ordem do dia vamos discutir melhor os objetivos deste Requerimento”, findou.

Marcos Lima relata ações do Município e se defende do discurso de Edvaldo Lima

O vereador Marcos Lima listou as ações do Governo Municipal e se defendeu do discurso do edil Edvaldo Lima (PP).

“Quero trazer para o conhecimento de todos a s ações do Município. O bairro Alto do Papagaio será contemplado com obras de pavimentação de treze artérias importantes. Serão 9 mil metros quadrados, com valor de R$ 375.364,61, com prazo de quatro meses para conclusão. O prefeito Colbert solicitou aos responsáveis pela empreiteira que, na medida do possível, deem oportunidade de trabalho à mão de obra do bairro”, pontuou Marcos.

E continuou. “Durante o mês de outubro, em comemoração ao Outubro Rosa, o CMDI oferece a mamografia digital. Este novo serviço oferece imagens de alta resolução possibilitando diagnósticos precisos, com resolução 100% superior, mais conforto para as mulheres. Sabemos que a mamografia é o meio mais eficiente para que se descubra tumores ainda não palpáveis e que o câncer de mama é o segundo mais comum entre as mulheres”, observou.

O líder governista continuou a listar ações do Município. “Atendendo a uma indicação deste vereador, a obra do Instituto do Autismo segue a todo vapor. Situado ao lado do Centro de Convivência para Idosos Dona Zazinha, este equipamento teve o investimento de mais de R$ 650 mil e tem como objetivo assegurar às necessidades dos portadores do transtorno do espectro autista, com diversos serviços multidisciplinares com o suporte das secretarias de Saúde, Educação e Desenvolvimento Social”, disse.

Em relação aos estagiários da Secretaria Municipal de Educação, que voltaram a ocupar as galerias da Casa da Cidadania nesta manhã, o líder do Governo garantiu que tentará uma audiência com eles e o prefeito na manhã da próxima quinta-feira (03).

Para finalizar, Marcos Lima disse que o colega Edvaldo Lima precisa manter a calma. “Está muito nervoso, com temperamento forte. Deveria estar calmo e tranquilo, isso nos preocupa por conta de sua saúde. O que aprovamos foi um PL permitindo que o Município faça uma PPP, não falei que aprovou contrato da Prefeitura com empresa, porque isso é interno e não é da nossa competência. PPP é normal, é de praxe, inclusive o Governo Estadual faz muito isso. Portanto, Vossa Excelência aprovou o PL que dispõe sobre a parceria público privada’, findou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115123 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.