SESI Bahia é um dos 30 finalistas de premiação Internacional

Escola SESI Djalma Pessoa é reconhecida pelo desenvolvimento de projetos de pesquisa inovação sustentável.
Escola SESI Djalma Pessoa é reconhecida pelo desenvolvimento de projetos de pesquisa inovação sustentável.
Escola SESI Djalma Pessoa é reconhecida pelo desenvolvimento de projetos de pesquisa inovação sustentável.
Escola SESI Djalma Pessoa é reconhecida pelo desenvolvimento de projetos de pesquisa inovação sustentável.

A Escola SESI Djalma Pessoa, de Salvador, é uma das 30 finalistas do Prêmio Zayed de Sustentabilidade, que vai premiar os 10 melhores projetos de inovação sustentáveis, desenvolvidos por estudantes do ensino médio. A Escola SESI Bahia é a única instituição do Brasil selecionada para a premiação, escolhida entre os três melhores projetos de cada continente, que terá também representantes da Colômbia e do México. A proposta da premiação é abordar alguns dos desafios de desenvolvimento mais urgentes do mundo, alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas 2030.

O anúncio dos finalistas ocorreu nesta segunda-feira (07/10/2019), após a reunião do Júri do Prêmio, composto por 12 membros que inclui ex-chefes de estado do México e da Islândia, o ex-primeiro-ministro da República da Coréia, ministros e representantes dos Emirados Árabes Unidos e empresários de renome internacional.

Cada projeto vencedor, nas categorias Saúde, Alimentação, Energia e Água, recebe US$ 600 mil. Já na categoria Global High Schools ((Escolas Secundárias Globais), na qual o SESI Bahia está concorrendo, são seis vencedores, representando seis regiões do mundo, e cada projeto receberá até US$ 100 mil para investir no projeto apresentado à premiação.

A proposta do SESI contempla os projetos da linha de pesquisa Tecnologias Verde, desenvolvidos pelo programa de Iniciação Científica da Escola Djalma Pessoa e que já teve diversas iniciativas premiadas em feiras de ciência nacionais e internacionais, a exemplo da telha ecológica, da pesquisa com microalgas, do bioplástico a partir da fécula de mandioca e uso da casca de laranja como catalisador para a indústria de fármacos.

No projeto apresentado a proposta é o desenvolvimento do Programa de Iniciação Científica em Tecnologias Verdes, proporcionando aos estudantes a construção do seu conhecimento em educação ambiental a partir da experimentação prática e prototipagem de projetos autorais de pesquisa e engenharia aplicada em tecnologias sustentáveis.

A gerente de educação do SESI Bahia, Cléssia Lobo, recebeu com alegria o anúncio da escola como finalista da premiação. Ela explicou que a proposta apresentada ao Prêmio Zayed de Sustentabilidade vai contribuir para “impulsionar ainda mais o trabalho de iniciação científica na escola e tornar o SESI uma referência na formação de estudantes e capacitação de professores nesta área”.

Resultado

O resultado da premiação será conhecido no dia 13 de janeiro de 2020. A premiação já teve 76 vencedores desde 2008, quando foi criado. Este ano, em seu décimo segundo ciclo anual de premiação, o Prêmio recebeu um recorde de 2.373 inscrições de 129 países.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109979 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]