MP do Rio de Janeiro diz que autorização para suspeito entrar em condomínio não foi dada por Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro (PSL-RJ), extremista de direita, presidente da República, é citado em processo do Caso Marielle Franco.

Jair Bolsonaro (PSL-RJ), extremista de direita, presidente da República, é citado em processo do Caso Marielle Franco.

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro disse nesta quarta-feira (30/10/2019) que o depoimento do porteiro do condomínio onde o presidente Jair Bolsonaro tem casa no Rio de Janeiro está equivocado e que a autorização para que um dos acusados de participação no assassinato da vereadora Marielle Franco entrar no condomínio não foi dada pelo então deputado federal.

Reportagem divulgada na noite de terça-feira no Jornal Nacional, da TV Globo, afirmou que o porteiro do condomínio disse em depoimento que Élcio Queiroz —acusado de dirigir o carro usado no assassinato da vereadora— entrou no local dizendo que iria à casa de Bolsonaro.

Queiroz, no entanto, foi para a residência do ex-policial Ronnie Lessa, acusado de ser autor dos disparos que mataram a vereadora do PSOL e seu motorista, Anderson Gomes, em março do ano passado, segundo a reportagem.

A própria reportagem informou que os registros de presença da Câmara dos Deputados mostram que Bolsonaro estava no Congresso naquele dia, o que é corroborado por imagens postadas pelo então deputado em redes sociais à época.

Em live transmitida da Arábia Saudita, onde se encontra em viagem oficial, Bolsonaro negou veementemente ter autorizado a entrada em seu condomínio do suspeito no dia do crime e se ofereceu a falar com a polícia para se defender.

O MPRJ disse ainda, em entrevista coletiva, que o depoimento do porteiro não tem coerência com provas técnicas e investigações.

*Com informações de Rodrigo Viga Gaier, da Agência Reuters.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]