Papa Francisco critica limitações políticas, sociais e ecológicas do Brasil sob Governo de Direita; Igreja Católica identifica liderança do extremista Jair Bolsonaro com o mal que corrompe e destrói a criação de Deus

Papa Francisco, líder político e religioso da Igreja Católica, prega ‘Ecologia Integral’.
Papa Francisco: “Que Ela (a padroeira) os acompanhe em suas dores, quando não podem crescer por tantas limitações políticas ou sociais ou ecológicas, e de tantos lugares provêm. Que Ela os ajude a crescer e a se libertar continuamente”.
Papa Francisco, líder político e religioso da Igreja Católica, prega ‘Ecologia Integral’.
Papa Francisco: “Que Ela (a padroeira) os acompanhe em suas dores, quando não podem crescer por tantas limitações políticas ou sociais ou ecológicas, e de tantos lugares provêm. Que Ela os ajude a crescer e a se libertar continuamente”.

O Papa Francisco voltou a criticar o cenário político do governo Bolsonaro neste sábado (12/10/2019), em mensagem de homenagem ao povo brasileiro e ao dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do país. “Que Ela (a padroeira) os acompanhe em suas dores, quando não podem crescer por tantas limitações políticas ou sociais ou ecológicas, e de tantos lugares provêm. Que Ela os ajude a crescer e a se libertar continuamente”, afirmou o Sumo Pontífice, em vídeo gravado no intervalo matutino da 7ª Congregação Geral nos trabalhos do Sínodo dos Bispos para a Amazônia.

Também hoje, em Aparecida (SP), o arcebispo Dom Orlando Brandes fez críticas explícitas ao momento de retrocessos no país, com um governo que ataca direitos da população. Brandes criticou o que chamou de “dragão do tradicionalismo” e disse que “direita é violenta e injusta.”

“Temos o dragão do tradicionalismo. A direita é violenta, é injusta, estão fuzilando o Papa, o Sínodo, o concílio Vaticano Segundo. Parece que não queremos vida, o concílio Vaticano, segundo o evangelho, porque ninguém de nós duvida que esta é a grande razão do sínodo do concílio deste santuário, a não ser a vida como já falei”, afirmou Dom Orlando, segundo reportagem do G1.

Na oração da Hora Média que deu início aos trabalhos do Sínodo, no Vaticano, neste sábado, a reflexão foi de dom Sérgio Eduardo Castriani, arcebispo de Manaus. Dom Sérgio não está presente no Sínodo, por motivo de saúde, mas enviou a sua reflexão, lida por dom José Albuquerque de Araújo, bispo-auxiliar de Manaus.

Dom Sérgio pede que a Mãe de Jesus, frágil como as mulheres amazônicas, mas uma fragilidade aparente que se transforma em força gigantesca quando se trata de defender a vida, nos proteja da tentação de fazer da Amazônia uma terra de ganho e lucro, transformando o dom em mercadoria. “Que a Igreja com suas mulheres reconhecidas na sua ministerialidade seja sempre uma mãe que cura e que liberta. Mãe Aparecida, rogai por nós”.

*Com informações da Rede Brasil Atual (RBA).

Dom Orlando Brandes, arcebispo de Aparecida.
Dom Orlando Brandes, arcebispo de Aparecida, repassa decreto do Pontífice, ao condenar extremismo destruidor do Desgoverno Bolsonaro. Em mensagem durante Sínodo da Amazônia, Papa Francisco fala em Nossa Senhora Aparecida como um caminho de libertação para o povo brasileiro.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120613 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.