Governo Rui Costa garante promoção do artesanato baiano pelos próximos dois anos

A cantora Margareth Menezes e membros governo Rui Costa participam da assinatura do contrato de gestão do Edital de Publicização dos Serviços de Qualificação, Promoção e Comercialização do Artesanato da Bahia.
A cantora Margareth Menezes e membros governo Rui Costa participam da assinatura do contrato de gestão do Edital de Publicização dos Serviços de Qualificação, Promoção e Comercialização do Artesanato da Bahia.

O Governo do Estado assinou, na manhã desta terça-feira (08/10/2019), no Museu de Arte da Bahia, em Salvador, o contrato de gestão do Edital de Publicização dos Serviços de Qualificação, Promoção e Comercialização do Artesanato Baiano. Isso significa que R$ 5 milhões serão aplicados no setor ao longo de dois anos por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). A Associação Fábrica Cultural é quem vai gerir o contrato.

“Essa é uma política muito importante para geração de renda no estado. A Bahia tem uma tradição no artesanato, são várias regiões produtoras que disputam entre os melhores do Brasil e faltava da nossa parte exatamente essa estrutura, esse apoio fundamental, para que o nosso produto seja exposto no país e principalmente na Bahia”, afirmou o secretário da Setre, Davidson Magalhães.

As ações devem dinamizar o escoamento da produção artesanal, além de promover cursos de qualificação, feiras para comercialização, entre outras atividades. “Estamos trabalhando com isso já há um tempo, são cinco anos com o Mercado Iaô, que todo mundo conhece, mas agora a coisa se expande e a nossa intenção é justamente dar cada vez mais visibilidade, trazer mais qualidade e ser uma rede, uma união de pessoas trabalhando para desenvolver e fazer o nosso artesanato chegar cada vez mais longe”, declarou a presidente da Fábrica Cultural e cantora, Margareth Menezes.

O ato de assinatura contou com a presença de representantes do setor em todo o estado, que comemoraram efetivação de uma política pública que vai beneficiar em torno de 13 mil profissionais. “Isso vai facilitar o escoamento da produção, que é o nosso grande problema. A gente espera que isso alavanque o artesanato da Bahia que é muito rico. Temos muitos artistas renomados, mas que são pouco valorizados no cenário nacional”, avaliou a vice-presidente Federação dos Artesãos e Artesãs do Estado da Bahia (Faaeb), Lu Bispo.

Artesanato da Bahia recebe incentivo do Governo Rui Costa.
Artesanato da Bahia recebe incentivo do Governo Rui Costa.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111021 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]