CEAGESP é incluída no Programa Nacional de Privatização do Governo Bolsonaro

Vista aérea da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (CEAGESP).

Vista aérea da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (CEAGESP).

A Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (CEAGESP) foi incluída no o Programa Nacional de Desestatização (PND), conforme o Decreto nº 10.045, publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (07/10/2019).

O documento designa o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) como responsável pela execução e acompanhamento dos atos necessários à desestatização da Ceagesp.

Vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a companhia teve, por meio de resolução nº 81 de 21 de agosto deste ano, sua desestatização recomendada pelo Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

A Ceagesp é uma empresa pública federal, sob a forma de sociedade anônima. Ela representa um importante elo na cadeia de abastecimento de produtos hortícolas.

De acordo com o Mapa, a Companhia mantém a maior rede pública de armazéns, silos e graneleiros de São Paulo, totalizando 18 unidades ativas distribuídas em todo o estado.

Localizada na zona oeste da capital paulista, circulam diariamente pela Ceagesp cerca de 50 mil pessoas e 12 mil veículos.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]