Vereador convida camelôs para Audiência Pública que irá debater sobre Shopping Popular de Feira de Santana; líder governista contesta posicionamento de colega

Luiz Ferreira Dias (Luiz da Feira): sempre cobrei transparência, infelizmente, algumas vezes fui barrado. Mas hoje tudo será colocado em pratos limpos.
Luiz Ferreira Dias (Luiz da Feira): sempre cobrei transparência, infelizmente, algumas vezes fui barrado. Mas hoje tudo será colocado em pratos limpos.

Em pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira (17/09/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Luiz Ferreira (Luiz da Feira, PPL) convidou a população para participar da Audiência Pública, que será realizada nesta tarde, a partir das 14:30 horas, no plenário da Casa.

Luiz da Feira salientou que a Audiência Pública tem o propósito de debater os assuntos relacionados a construção e entrega do Shopping Cidade das Compras, conhecido por Shopping Popular.

“Hoje será um dia que as coisas serão esclarecidas. Nossos 13 mil camelôs saberão de fato os prós e contras desse grande empreendimento. Saberemos os detalhes contratuais. Sempre cobrei transparência, infelizmente, algumas vezes fui barrado. Mas hoje tudo será colocado em pratos limpos. Conto com a presença de todos vocês”, disse ao se referir aos vendedores ambulantes.

Marcos Lima pede que Luiz da Feira tenha cautela no uso da tribuna

O líder do Governo na Casa, vereador Marcos Lima (Patriota), pediu que o colega Luiz da Feira (PPL) tenha cautela quando usar a tribuna para tratar sobre o Shopping Popular. Segundo o líder, o edil está colocando os camelôs contra os vereadores.

“Luiz da Feira insiste em usar a tribuna e julgar os vereadores que não aprovaram os Requerimentos. Sabemos que estes eram de cunho político. Sabemos que ele é representante dos camelôs, mas trazer Requerimentos com intenção de fazer política, não vamos aprovar. Teremos hoje uma audiência pública, onde virão todas as partes interessadas e discutiremos o assunto. Porque não falou sobre ela aqui na tribuna?”, questionou Marcos.

E continuou. “ Vereador, pare de teatro. Falar aqui que não estamos a favor dos camelôs, não vamos permitir. Vossa Excelência está fazendo jogo político jogando os camelôs contra esta Casa. A prova de que não estamos contra a classe é a realização dessa audiência e a reunião que eu e o vereador Edvaldo Lima (PP) tivemos no Ministério Público”, ressaltou.

Em aparte, o edil Edvaldo Lima (PP) lembrou que tirou da pauta um Requerimento que dispõe sobre acordo de valores para o pagamento da taxa mensal do Shopping Popular. “Retirei a pedido de Luiz da Feira e de alguns camelôs, mas fiz a mesma proposta ao MP: que os camelôs tivessem a isenção da taxa por 12 meses”, disse.

Também em aparte, o vereador Luiz da Feira garantiu que não está tentando colocar os camelôs contra os vereadores. “Falei que dei entrada em dois Requerimentos e que não foram aprovados e agora eles estão sendo empurrados com a barriga, com ausência de informações”, informou.

Para finalizar, o líder governista pediu que o colega tenha cautela no uso da tribuna. “Queremos unir forças e tentar resolver o problema e não agir contra. Espero que Vossa Excelência tenha mais cuidado quando for usar esta tribuna”, findou.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112848 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]