Representante da Centro de Valorização da Vida de Feira de Santana discursou sobre prevenção ao suicídio na Câmara Municipal

Paulo Souza: estamos no setembro Amarelo, mas a nossa luta é durante todo o ano. Nos últimos anos o debate a respeito desse assunto tem sido mais valorizado, porém ainda temos muito a fazer.
Paulo Souza: estamos no setembro Amarelo, mas a nossa luta é durante todo o ano. Nos últimos anos o debate a respeito desse assunto tem sido mais valorizado, porém ainda temos muito a fazer.
Paulo Souza: estamos no setembro Amarelo, mas a nossa luta é durante todo o ano. Nos últimos anos o debate a respeito desse assunto tem sido mais valorizado, porém ainda temos muito a fazer.
Paulo Souza: estamos no setembro Amarelo, mas a nossa luta é durante todo o ano. Nos últimos anos o debate a respeito desse assunto tem sido mais valorizado, porém ainda temos muito a fazer.

A prevenção ao suicídio tem sido um tema bastante discutido na Câmara Municipal de Feira de santana. Na manhã desta segunda-feira (23/09/2019), Paulo Souza, que é voluntário do Centro de Valorização da Vida (CVV) em Feira de Santana discursou na tribuna livre da Câmara Municipal.

Fundado em São Paulo, em 1962, o Centro de Valorização da Vida é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal em 1973, mantenedora e responsável pelo Programa CVV de Valorização da Vida e Prevenção do Suicídio, desenvolvido pelos Postos do CVV em todo o Brasil.

Em sua fala, o filantropo discorreu sobre a importância desse serviço e pediu atenção dos vereadores para o trabalho social realizado pela entidade. “Estamos no setembro Amarelo, mas a nossa luta é durante todo o ano. Nos últimos anos o debate a respeito desse assunto tem sido mais valorizado, porém ainda temos muito a fazer. ”, afirmou.

Ele também explicou que a instituição funciona com a ajuda de voluntários. “Disponibilizamos quatro horas por semana e fazemos esse atendimento pelo número 188 ou pessoalmente, mas a demanda é muito grande e temos outras atividades como ir a hospitais, a escolas para falar sobre a importância de ouvir quem precisa. Por isso necessitamos da ajuda dos senhores vereadores”, frisou.

De acordo com Souza, na Bahia só existem dois CVVs, um em Feira de Santana e outro em Salvador. Ele disponibilizou o contato do centro e destacou que quem precisar dos serviços da CVV é só entrar em contato através do número 188.

“Essa ligação é gratuita e pode ser feita de telefone fixo ou celular. Além disso, as pessoas podem ir diretamente à sede do CVV, localizada na Rua Senador Quintino, 713, bairro Olhos d’água”, concluiu.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115153 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.