Espetáculo África em Nós leva discussão sobre racismo ao Centro Cultural Plataforma, em Salvador

Cena do espetáculo África em Nós.
Cena do espetáculo África em Nós.
Cena do espetáculo África em Nós.
Cena do espetáculo África em Nós.

África em Nós relembra a barbárie da escravidão do século XVI para tratar do racismo da atualidade. Vai ao passado mostrar o navio negreiro, o quilombo, a resistência e luta pela liberdade, e volta ao presente para denunciar o racismo. De autoria do Coletivo Pé de Poeta, o espetáculo lança mão de técnicas do Teatro do Oprimido para reconstruir as cenas, convidando o público a entrar na história na pele dos personagens e mudar os acontecimentos. O espetáculo terá duas apresentações no Centro Cultural Plataforma, em Salvador nos dias 6 e 7 de setembro de 2019, às 19 horas, com acesso gratuito. O Coletivo também realizará duas oficinas gratuitas.

Além de ter como base o Teatro do Oprimido do teatrólogo brasileiro Augusto Boal, também são utilizados como instrumentos de criação e encenação a dança Laban, dança afro, movimentos referenciados nos orixás do candomblé e na capoeira. Poesias construídas coletivamente também fazem parte do repertório criativo, fundamentado na formação política e nos estudos de história – especificamente, aquela que não é contada na escola.

Oficinas

O Coletivo Pé de Poeta realizará duas oficinas gratuitas, uma na sexta-feira e outra no sábado, das 14h às 16h, sobre o Teatro do Oprimido e Corporeidade Negra. O único pré-requisito para participar das oficinas é ter, no mínimo, 14 anos.

Coletivo Pé de Poeta de Teatro da/o Oprimida/o – É formado por jovens e adolescentes dos bairros de Itinga, e Centro de Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador. Baseado no Teatro da/do Oprimida/do, método desenvolvido por Augusto Boal, pretende e entende que a transformação da sua comunidade virá através da arte. Encenando seu próprio cotidiano, e propondo ao público que traga novas possibilidades de combate às opressões, o grupo tenta criar novos conceitos de participação na sociedade e de construções coletivas.

Espaços Culturais da SecultBA

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia mantém 17 espaços culturais geridos pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC), e localizados em diversos Territórios de Identidade. Destes, cinco encontram-se em Salvador – Cine Teatro Solar Boa Vista, Espaço Xisto Bahia, Casa da Música de Itapuã, Centro de Cultura de Plataforma e Espaço Cultural Alagados – e 12 nos municípios de Alagoinhas, Feira de Santana, Guanambi, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Mutuípe, Porto Seguro, Santo Amaro, Valença e Vitória da Conquista. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br

Agenda

O que: Espetáculo África em Nós

Quando: 6 e 7 de setembro, às 19 horas

Onde: Centro Cultural Plataforma

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115152 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.