Vereadoras lamentam crescimento da violência contra mulher

Cíntia Machado: precisamos continuar tomando medidas que protejam as mulheres.
Cíntia Machado: precisamos continuar tomando medidas que protejam as mulheres.
Cíntia Machado: precisamos continuar tomando medidas que protejam as mulheres.
Cíntia Machado: precisamos continuar tomando medidas que protejam as mulheres.

Cíntia Machado fala sobre violência contra mulher

O aumento nos números de casos de feminicídio foi tema do discurso da vereadora Cíntia Machado (PRB) durante a sessão ordinária desta segunda-feira (05/08/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana.

Na oportunidade, ela convocou as colegas Gerusa Sampaio (DEM), Eremita Mota (PSDB) e Neinha Bastos (PTB) e os demais vereadores para uma reunião, com o intuito de elaborar um projeto que garanta mais proteção às mulheres vítimas de violência.

“O aumento nos casos de violência nos aterrorizam. Quando trato sobre violência não me refiro somente a agressões físicas. Precisamos continuar tomando medidas que protejam as mulheres. Muitas vidas têm sido ceifadas sem motivos, isso é um problema social”, analisou a edil.

Aldney Bastos lamenta o crescimento da violência contra a mulher

Após o fim do recesso parlamentar, a vereadora Aldney Bastos (PTB), repercutiu o crescimento da criminalidade e da violência contra a mulher em Feira de Santana, na sessão ordinária desta segunda-feira (05/08/2019).

Segundo Neinha, durante o período do recesso, foi possível conhecer a realidade de mulheres que sofrem agressão. “Eu também visitei mulheres que estão coagidas em relacionamentos. Elas não têm coragem de negociar, elas não têm coragem de romper o relacionamento. As mulheres estão sendo agredidas, estão sendo mortas em Feira de Santana”. A parlamentar completou reivindicando: “somos mulheres e merecemos respeito! ”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109935 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]