Vereador pede mais atenção para entidades e instituições de Feira de Santana

Cadmiel Mascarenhas: vou fazer contato com todas as entidades e instituições que cuidam de crianças especiais em Feira de Santana e pedimos que a sociedade volte atenções para elas, pois estão sofrendo com ausência de recursos para a manutenção.
Cadmiel Mascarenhas: vou fazer contato com todas as entidades e instituições que cuidam de crianças especiais em Feira de Santana e pedimos que a sociedade volte atenções para elas, pois estão sofrendo com ausência de recursos para a manutenção.
Cadmiel Mascarenhas: vou fazer contato com todas as entidades e instituições que cuidam de crianças especiais em Feira de Santana e pedimos que a sociedade volte atenções para elas, pois estão sofrendo com ausência de recursos para a manutenção.
Cadmiel Mascarenhas: vou fazer contato com todas as entidades e instituições que cuidam de crianças especiais em Feira de Santana e pedimos que a sociedade volte atenções para elas, pois estão sofrendo com ausência de recursos para a manutenção.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta terça-feira (27/08/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Cadmiel Pereira (PSC) prometeu pedir ao prefeito que avalie melhor as carências e necessidades das entidades que assistem crianças e adolescentes portadores de necessidades especiais.

“Estive na última sexta-feira no Dispensário Santana. Vou fazer contato com todas as entidades e instituições que cuidam de crianças especiais em Feira de Santana e pedimos que a sociedade volte atenções para elas, pois estão sofrendo com ausência de recursos para a manutenção. Está difícil para as comunidades terapêuticas ficarem de portas abertas para atender dependentes químicos, não há apoio do Poder Público para assistir dependentes químicos menores de 18 anos”, pontuou Cadmiel.

E continuou. “Lar Mariano e Instituto Gabuzela, que trabalham com crianças já precisam de um orçamento. Visitem todas para que possa repassar a verba de subvenção. Temos na cidade um número superior a 50 mil crianças matriculadas em escolas públicas no turno matutino, mas aonde estão à tarde? Cadê os projetos? Já falei que precisamos de escola em tempo integral, assim as crianças terão as refeições garantidas e estarão livre das ruas. A escola em tempo integral é urgente, investir em crianças com necessidades especiais é urgente. Levaremos ao prefeito a demanda destas entidades, para que sejam avaliadas as necessidades de cada uma”, garantiu.

Para finalizar, Cadmiel ressaltou que as entidades não estão possuindo recursos para arcar com as despesas. “Não há recursos para o pagamento dos profissionais e das despesas fixas, como água, luz e mais. Elas precisam de recursos da saúde, da educação, do social. Destinaremos verbas de subvenção para as entidades que carecem de ajuda; o Município é grande, mas vamos lutar, buscar soluções e parcerias com a Prefeitura”, findou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109742 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]