A Operação Spoofing foi deflagrada em 24 de julho de 2019 pela PF

A Operação Spoofing foi deflagrada em 24 de julho de 2019 pela PF

O juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, manteve presos os quatro suspeitos de invadir os celulares do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e do procurador Deltan Dallagnol, entre outras autoridades.

A Operação Spoofing foi deflagrada em 24 de julho de 2019 pela PF, com a finalidade de prender suspeitos de invasão de celulares de membros do Governo Bolsonaro, dentre eles, o ministro Sérgio Moro.