Secretaria da Educação da Bahia discute Educação de Jovens e Adultos com representantes do Fórum EJA Bahia

Reunião do Fórum EJA de Educação na Bahia discutiu novas perspectivas para a Educação de Jovens e Adultos.
Reunião do Fórum EJA de Educação na Bahia discutiu novas perspectivas para a Educação de Jovens e Adultos.
Reunião do Fórum EJA de Educação na Bahia discutiu novas perspectivas para a Educação de Jovens e Adultos.
Reunião do Fórum EJA de Educação na Bahia discutiu novas perspectivas para a Educação de Jovens e Adultos.

Com o objetivo de discutir novas perspectivas para a Educação de Jovens e Adultos (EJA) na Bahia, dirigentes e técnicos da Secretaria da Educação do Estado reuniram-se, nesta quarta-feira (28/08/2019), na sede do órgão, em Salvador, com representantes do Fórum EJA Bahia. Na oportunidade, foram abordados assuntos referentes à oferta da modalidade no Estado e formação de professores, entre outras ações.

A superintende de Políticas para a Educação Básica, Manuelita Falcão, falou da importância da articulação com o Fórum EJA Bahia. “Este encontro foi marcante para a relação da Secretaria com as organizações sociais, notadamente com o Fórum EJA, porque a gente abre uma pauta não só de reuniões, mas de encaminhamentos, começando pelo debate sobre formação de professores”, afirmou.

Para a representante do Fórum EJA Bahia, Marlene Silva, as discussões foram muito produtivas. “Esta parceria com a Secretaria é muito importante, já que o Fórum é um espaço privilegiado para acompanhar e propor políticas públicas para a Educação de Jovens e Adultos. E a Secretaria, como órgão principal, é quem tem a responsabilidade maior com a Educação Básica e, por isso, é necessário que haja um diálogo e uma construção coletiva para que, de fato, estas políticas venham atendar as especificidades desses sujeitos, que são trabalhadores e trabalhadoras que tanto precisam desse processo de escolarização, até para se colocarem melhor no mundo e, principalmente, no mundo do trabalho”, destacou.

Ofertas da EJA

A Educação de Jovens e Adultos (EJA) está dividida em três ofertas: Tempo de Aprender, Tempo Formativo e Tempo Juvenil. O Tempo de Aprender tem o formato semipresencial, obedecendo uma lógica universitária na qual o estudante consegue montar sua grade curricular, a depender da demanda de trabalho que ele tenha. O Tempo Juvenil atende a jovens de 15 a 17 anos que já estão em distorção da idade série e que não atende mais a mesma dinâmica do ensino seriado do Ensino Fundamental. Já o Tempo Formativo, a maior oferta da rede estadual, consiste na redução do tempo do Ensino Médio em dois anos para que o estudante tenha um aproveitamento em menor tempo.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108644 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]