Salvador: Festival de Samba Reggae, Flipelô, Olodum e shows de samba animam programação do Pelourinho

Grupo Olodum anima programação nos Largos do Pelourinho, em Salvador.
Grupo Olodum anima programação nos Largos do Pelourinho, em Salvador.
Grupo Olodum anima programação nos Largos do Pelourinho, em Salvador.
Grupo Olodum anima programação nos Largos do Pelourinho, em Salvador.

Cheio de cantos e encantos, o Centro Histórico recebe atrações culturais que vão deixar baianos e turistas com o gostinho de quero mais. A programação conta com show de samba, reggae, ensaio do Olodum, Festa Literária, oficina de percussão e capoeira. A programação cultural é apoiada pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), por meio do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI).

Chegando a sua 3° edição, o Festa Literária Internacional do Pelourinho (FLIPELÔ), promoverá encontros no período de 7 a 11 de agosto. Na sexta (09/08/2019), às 15 horas, o Centro de Culturas Populares e Identitárias, recebe o lançamento do livro de poesia ‘Azul Caixão’, da escritora Júlia Bicalho. Em sua exposição, a autora abre uma roda de conversa com o público e esclarece como foi o seu processo criativo. Também no CCPI fica aberta das 09h às 21h a livraria oficial do evento. Às 20h, o Grupo da CCR Metrô, Axé das antigas e Filhos de Jorge se apresentam no largo Quincas Berro D’Água, com muita animação, representação e atitude. Evento gratuito.

Ainda no dia 9, às 19 horas, a ‘Sexta Avassaladora’, com a banda Samba Trator, toma conta do Largo Pedro Archanjo, prometendo muita batucada, pandeiro, cavaquinho, palma da mão e muito samba no pé. No largo Tereza Batista, no mesmo horário, acontece a edição especial do Reggae Raízes e Cultura, com Bruno Natty, Hotta Fyah Band, Ikefron, Danzi * Jahfreeka Soul e Discotecagem com o Fayakayano.

No sábado (10), paixão e conhecimento se unem na oficina de percussão com o Mestre Memeu e o Grupo espanhol ‘Escuela Fortaleza’, no largo Pedro Archanjo, às 9h. O evento é gratuito. No turno da tarde, às 15h, a programação do FLIPELÔ continua a ação de entreter o público leitor, no Centro de Culturas Populares e Identitárias, com a Roda de Leitura com Acely Araujo, do Coletivo Ser de Arte, que terá a participação do conservatório de música Barro Branco e das crianças de Mata de São João.

Já à noite, a diversidade toma conta dos largos. Às 19h, acontece o Festival de Samba Reggae, no Largo Tereza Batista, evento gratuito com Tonho Matéria e participações da Banda Didá, A mulherada, Noélia Marcelle, Allysa Anjos, Nivea Mafuani, Clariana Fróes, e Maitê Inaê, da Austrália. Descendo o largo Pedro Archanjo, às 20h, a banda Samba do Pretinho agita a noite no comando do Sábado Black. Entrada gratuita. No mesmo horário, o clima de reggae passa pelo largo Quincas Berro D’Água. O Salviaraiz volta aos palcos, trazendo muita animação nos embalos do Dancehall com os convidados Fael Primeiro, Magnata King Faya e Fayakayano.

No domingo (11), às 09h, o Mestre Memeu e o Grupo Escuela Fortaleza voltam a ministrar a oficina de Percussão gratuita, no largo Pedro Archanjo.  Já das 10h às 17h, no largo Quincas Berro d’ Água, a FLIPELÔ homenageia os dias dos pais com parceria do Esporte Clube Bahia.  A programação conta com o lançamento de livros, narrações de histórias, presença da Loja Oficial e tricolíderes.

No mesmo dia, os sons dos tambores irão ecoar pelo largo Tereza Batista, o Ensaio do Bloco Olodum promove o festival Agosto da Igualdade, relembrando os 221 anos da Revolta dos Búzios. Às 16h, o grupo Samba Miudinho e Samba de Painho promove show gratuito em comemoração ao dia dos pais, no largo Pedro Archanjo.

Na segunda (12), tem o terceiro dia da oficina de percussão do Mestre Memeu e o Grupo Escuela Fortaleza, às 09h, no largo Pedro Arcahanjo. E às 16h, acontece a oficina de Capoeira Angola com o Mestre Noronha, no largo Tereza Batista. Serviços gratuitos.

Na terça (13), às 20h, acontece a 3° edição do Intercâmbio Cultural com Make up Foundation of the Art and Culture e o Muzenza, o evento conta com atrações internacionais, Show Folclórico de música e danças do Caribe Colombiano e muitas batidas afro percurssiva. Entrada R$ 5 e R$ 10.

Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) é responsável pela execução, proteção e promoção das políticas públicas de valorização e fortalecimento das manifestações populares e de identidade, orientadas de acordo com o pensamento contemporâneo da Unesco e do Ministério da Cultura. Seu campo de atuação contempla a cultura do sertão, de matrizes africanas, ciganas e indígenas, LGBTQ+, infância e idosos. Coordena a programação artística dos largos do Pelourinho e suas grandes festas populares.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109913 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]