Prefeitura de Feira de Santana vai apresentar resultados das sondagens da fundação do Edifício Sarkys; Prédio foi interditada pela Defesa Civil

Reunião entre o prefeito Colbert Martins Filho e representantes das partes envolvidas no processo.
Reunião entre o prefeito Colbert Martins Filho e representantes das partes envolvidas no processo.
Reunião entre o prefeito Colbert Martins Filho e representantes das partes envolvidas no processo.
Reunião entre o prefeito Colbert Martins Filho e representantes das partes envolvidas no processo.

A liberação do tráfego exclusivo para ônibus, em frente ao Edifício Sarkys, a partir desta quarta-feira (21/08/2019), e continuação dos estudos que levem ao diagnóstico das causas do rebaixamento do solo sob a fundação, foram decisões tomadas durante reunião entre o prefeito Colbert Filho e representantes das partes envolvidas neste processo.

Também foi anunciado que os resultados das sondagens que estão sendo feitas pela Prefeitura de Feira de Santana serão entregues na terça-feira, quando o grupo voltará a se reunir. O encontro, a pedido do governo municipal, foi realizado no Paço Maria Quitéria, à tarde. Deverá ser formada uma comissão, por profissionais da área e a Defesa Civil, para que acompanhe todos levantamentos.

A abertura do trecho interditado ao trânsito será gradual. O prefeito Colbert Filho disse que a segunda faixa apenas será liberada aos veículos, possivelmente a partir de quinta-feira, se as medições que estão sendo feitas diariamente no prédio, não apresentem aumento no recalque. “Tudo será feito com a máxima segurança”.

Foi opinião de que o solo está se estabilizando, mas o prédio nos últimos dias está com a sua carga estática – sem o peso dos equipamentos e da movimentação diária das pessoas. Como não sabem o que está acontecendo na estrutura do imóvel, construído há 68 anos, recomendaram que continuem as sondagens.

“Estamos em busca do diagnóstico para que possamos tomar as decisões corretas”, avalia o coordenador interino da Defesa Civil, Pedro Américo. “Ainda vamos fazer uma detalhada inspeção das fundações do prédio, para ver como estão e como são”. A expectativa é de que esta parte do serviço demande uma semana.

A decisão do que vai ser feito, diz o coordenador da Defesa Civil, será tomada em conjunto, bem como os estudos que estão e serão realizados vão ser compartilhados entre as partes interessadas.

Participaram representas da Embasa, entre eles o gerente regional Euvaldo dos Santos Neto, da Ricardo Eletros, que tem loja num dos prédios, da Câmara de Dirigentes Lojistas, ACEFS (Associação Comercial e Empresarial de Feira de Santana), da Prefeitura de Feira de Santana e da família Sarkys, dona do prédio.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111055 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]