Novo contrato do Enseada Naval beneficia setor naval da Bahia, aponta SDE; Estaleiro fica sediado em Maragogipe

Vista aérea do Enseada Indústria Naval (anteriormente denominado Estaleiro Enseada do Paraguaçu EEPSA).
Vista aérea do Enseada Indústria Naval (anteriormente denominado Estaleiro Enseada do Paraguaçu EEPSA).
Vista aérea do Enseada Indústria Naval (anteriormente denominado Estaleiro Enseada do Paraguaçu EEPSA).
Vista aérea do Enseada Indústria Naval (anteriormente denominado Estaleiro Enseada do Paraguaçu EEPSA).

Recentemente, o Estaleiro Enseada, instalado em Maragojipe, no Recôncavo baiano, recebeu novo contrato para a manutenção da embarcação norueguesa Unidade de Manutenção e Segurança (UMS) Safe Concordia, até 2020. Pesou na escolha do grupo investidor a localização estratégica, compromissos de prazos e a alta qualidade operacional do equipamento baiano. Para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), isto serve para reaquecer o setor da indústria naval baiana.

“O estaleiro Enseada é um celeiro de oportunidades, de produtividade de ponta e já chegou a empregar mais de 7 mil pessoas do Recôncavo, no período de 2014. Além de ser intensivo em mão de obra, o estaleiro é um negócio sistemista, que tem ampla capacidade de geração do desenvolvimento local. Esperamos que outros contratos possam chegar e dar novo vigor econômico àquela região”, afirma João Leão, vice-governador e titular da SDE.

De acordo com Carlos Tsubake, diretor Comercial da Enseada, a vantagem do parque industrial é o suprimento de energia elétrica de alta qualidade (29MW e 69KV), que dispensa a utilização dos geradores da plataforma. Dessa forma, resulta em economia para o cliente.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112875 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]