Gasolina aumenta pela terceira vez no mês de agosto de 2019; Petrobras eleva em 3,5% o preço do combustível na refinaria

Presidente Jair Bolsonaro sorri do trágico governo que conduz. Política de desinvestimento provoca aumento seguidos no preço dos combustíveis.
Presidente Jair Bolsonaro sorri do trágico governo que conduz. Política de desinvestimento provoca aumento seguidos no preço dos combustíveis.
Presidente Jair Bolsonaro sorri do trágico governo que conduz. Política de desinvestimento provoca aumento seguidos no preço dos combustíveis.
Presidente Jair Bolsonaro sorri do trágico governo que conduz. Política de desinvestimento provoca aumento seguidos no preço dos combustíveis.

O novo reajuste da Petrobras equivale a R$ 0,05 por litro da gasolina na refinaria e deverá impactar no preço final do combustível, na bomba. O terceiro aumento deste mês de agosto acompanha a elevação do petróleo e do dólar, que está em alta nos últimos dias em decorrência da guerra comercial entre EUA e China. O primeiro reajuste, no início do mês, foi de 4%, e o segundo foi de 6% ou R$0,10 por litro, no dia 16.

Entre o último reajuste e o desta quarta-feira (28/08/2019), quando passa a vigor o terceiro aumento da gasolina, o dólar subiu 3,5% em relação ao Real e o preço do petróleo teve alta de 2,3%. Não sofreu alteração o preço do diesel.

O presidente do Sindicombustíveis Bahia, Walter Tannus Freitas, ressalta que o repasse do preço nas bombas depende da negociação comercial entre os revendedores de combustíveis e as distribuidoras. “A gasolina sai da refinaria custando 30% do preço na bomba, aí incidem mais 50% de impostos, etanol e margens dos postos”, comentou, acrescentando que o mercado é livre e competitivo, cabendo a cada posto revendedor decidir se irá repassar ou não ao consumidor os reajustes da Petrobras.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108610 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]