Feira de Santana: Vereadora lamenta nota baixa no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica

Eremita Mota: o número, que mede a qualidade do ensino nas escolas públicas, é revelador de uma educação municipal que vive às voltas com problemas que parecem difíceis de resolver.
Eremita Mota: o número, que mede a qualidade do ensino nas escolas públicas, é revelador de uma educação municipal que vive às voltas com problemas que parecem difíceis de resolver.
Eremita Mota: o número, que mede a qualidade do ensino nas escolas públicas, é revelador de uma educação municipal que vive às voltas com problemas que parecem difíceis de resolver.
Eremita Mota: o número, que mede a qualidade do ensino nas escolas públicas, é revelador de uma educação municipal que vive às voltas com problemas que parecem difíceis de resolver.

Na sessão ordinária desta segunda-feira (05/08/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana, a vereadora Eremita Mota (PSDB) destacou a matéria “Feira de Santana descumpre as metas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) desde 2011”, publicada na edição de 14 de julho, do Jornal A Tarde.

A vereadora fez questão de ler um trecho da publicação: “O número, que mede a qualidade do ensino nas escolas públicas, é revelador de uma educação municipal que vive às voltas com problemas que parecem difíceis de resolver. Desde 2011, Feira não atinge as metas do Ideb para os anos iniciais do Ensino Fundamental”

Eremita lamentou a situação da Educação no município e ressaltou que, como professora, tem conhecimento do dia a dia em uma sala de aula. “A tendência é a situação ficar pior, com escolas vazias e um resultado vergonhoso. O resultado não é determinado, apenas, por uma boa infraestrutura. É preciso dar condição para a escola funcionar, do pessoal da limpeza aos professores”, opinou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109913 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]