Câmara Municipal de Feira de Santana aprova Moção de Repúdio contra reitor da UNIR

em virtude de declarações desrespeitosas deste senhor, num vídeo viralizado nas redes sociais, sobre uso de drogas nas universidades
em virtude de declarações desrespeitosas deste senhor, num vídeo viralizado nas redes sociais, sobre uso de drogas nas universidades
em virtude de declarações desrespeitosas deste senhor, num vídeo viralizado nas redes sociais, sobre uso de drogas nas universidades
em virtude de declarações desrespeitosas deste senhor, num vídeo viralizado nas redes sociais, sobre uso de drogas nas universidades

A Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (20/08/2019), aprovou, em votação única e por maioria dos presentes, a Moção de Repúdio de nº 936/2019, de autoria do vereador Edvaldo Lima (PP), contra o reitor da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Ari Miguel Ott, “em virtude de declarações desrespeitosas deste senhor, num vídeo viralizado nas redes sociais, sobre uso de drogas nas universidades”.

De acordo com Edvaldo Lima, o reitor supracitado teria dito que “isso é bobagem se preocupar com o fato de que, nos campos universitários de todo o país e do mundo, estudantes acendam baseados de forma generalizada.

O petista fez questão de ressaltar que uma pesquisa nacional revela que universitários consomem drogas com mais intensidade que outros grupos da sociedade. Quase 50% dos estudantes já usaram substâncias ilícitas.

Ainda segundo o vereador, Ott, graduado em Medicina pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), teria dito também que o papel da Bíblia era “excelente para enrolar baseado”.

Edvaldo acrescentou que, em ironia à declaração do ministro da Educação, Abraham Weintraub, de que existe “balbúrdia” nos campi universitários do país, o reitor da UNIR declarou: “nunca viu uma festa de pelados e, se tiver, me chamem”.

Para o edil, as declarações do reitor não condizem com a postura do cargo que o professor exerce e afronta diretamente a família brasileira e fé de milhares de cristãos que têm como base a Bíblia.

A aprovação da Moção contou com os votos favoráveis dos vereadores Luiz da Feira (PPL), Isaías de Diogo (PDT), Cadmiel Pereira (PSC) e Edvaldo Lima. Os edis Lulinha (DEM), Carlito do Peixe (DEM), Gerusa Sampaio (DEM), Zé Curuca (DEM) e Ron do Povo (PTC) se abstiveram da votação. Já o vereador Roberto Tourinho (PV) votou contrário à matéria por suspeitar da veracidade das informações apresentadas, visto que, o edil alegou ter lido um depoimento do reitor desmentindo a situação.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109951 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]