ALBA: Deputado Targino Machado usa dados do Atlas da Violência para criticar política de segurança do Governo da Bahia

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Targino Machado: a incompetência de Rui Cosa tem custado milhares de vidas baianas.
Targino Machado: a incompetência de Rui Cosa tem custado milhares de vidas baianas.

O deputado estadual Targino Machado afirmou nesta segunda-feira (05/08/2019) que os dados apontados pelo ‘Atlas da Violência – Retrato dos Municípios Brasileiros 2019’ evidenciam a ineficácia das políticas adotadas pelo governo do estado na área da segurança pública. Para Targino, os erros estratégicos e a falta de investimentos em segurança levaram a Bahia a, mais uma vez, figurar no topo dos estados com os maiores índices de homicídios do Brasil.

Segundo a pesquisa, cinco das 20 cidades mais violentas do país em 2017 estavam na Bahia – Simões Filho, Porto Seguro, Lauro de Freitas, Camaçari e Eunápolis. “Ano após anos vemos a divulgação destes números e absolutamente nada é feito. A incompetência do governador Rui Costa (PT) tem custado milhares de vidas baianas anualmente”, critica o líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia.

De acordo com o deputado, o avanço da violência no interior é reflexo do sucateamento das polícias, que não têm boas condições de trabalho. “Faltam equipamentos e viaturas, e os policiais não são valorizados. Além disso, o governo não faz investimentos em inteligência e investigação, o que é um enorme erro estratégico”, pontua.

Targino reforça que o próprio Atlas da Violência diz que a política adotada pelo estado tem ajudado a alimentar o ciclo da violência.  “Para completar o quadro da violência na Bahia, o estado tem adotado uma linha de enfrentamento e embrutecimento no uso de suas forças policiais, melhor do que a inteligência e investigação, o que tem ajudado a alimentar o ciclo de violência”, informa a pesquisa.

Para o líder da oposição, a soma deste estudo com outros divulgados recentemente traz um resultado grave e preocupante. No ano passado, o próprio Atlas da Violência informou que a taxa de homicídios na Bahia quase dobrou entre 2006 e 2016, durante os governos petistas.  Já em 2019, uma edição do Atlas publicada em junho colocou novamente a Bahia com maior número absoluto de homicídios – foram 6.798 casos em 2017.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113768 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]