ADAB investe na educação fitossanitária para alavancar a produção de algodão

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Bahia é destaque nacional na produção de algodão.
Bahia é destaque nacional na produção de algodão.

O Vale do Iuiu, no sudoeste da Bahia, recebeu atenção especial da ADAB (Agência Baiana de Defesa Agropecuária da Bahia) na capacitação de produtores do algodão. A região produzirá cerca de 30 mil toneladas de algodão na atual safra. Junto com técnicos e especialistas, a agência organizou dois seminários, essa semana, para alavancar a revitalização e sustentabilidade da cadeia produtiva do algodão, que ocupa uma área plantada de 12.200 mil hectares e gera cerca de 18 mil empregos diretos e indiretos.

“Na década de 1980, a região ganhou destaque na produção de algodão, mas praticamente toda a plantação foi dizimada pela ação do bicudo-do-algodoeiro, considerada a principal praga que ataca essa lavoura, por isso, são implementadas ações de educação sanitária para conscientizar o produtor quanto à adoção de táticas de controle de pragas com o propósito da preservação, o que melhora a produtividade e, consequentemente, o emprego e a renda, sobretudo da agricultura familiar. É uma das áreas onde focamos nossos trabalhos de prevenção”, reforçou o diretor-geral da ADAB, Maurício Bacelar.

Em Guanambi e Malhada, no médio São Francisco, os produtores receberam informações detalhadas para a prevenção de pragas, especialmente o combate ao bicudo-do-algodoeiro, o uso correto e seguro de agrotóxicos, Projeto Campo Limpo e Legislação Fitossanitária vigente.

 O Projeto Fitossanitário do Algodão desenvolvido pela ADAB prossegue com o cronograma periódico. Os técnicos e responsáveis pelo Projeto participam da 12ª Edição do Congresso Brasileiro do Algodão, realizado em Goiânia, para atualização de informações e das novas técnicas utilizadas no país para assegurar safra recorde e sustentável da fibra em 2019.

Para a atualização e incentivo aos produtores no Vale do Iuiu e à agricultura familiar, a ADAB contou com o apoio do Fundo do Agronegócio do Algodão (FUNDEAGRO), Associação Baiana dos Produtores de  Algodão (ABAPA), Instituto Federal de Ciência e Tecnologia (IF Baiano) e as prefeituras de Guanambi e Malhada, através das secretarias de Agricultura.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 122986 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.