Vereador José Carneiro Rocha presta entrevista contraditória ao radialista Luiz Santos, sobre o Caso do ‘Destino do Valor do Vale Refeição da Câmara Municipal de Feira de Santana’

Radialista Luiz Santos entrevista vereador José Carneiro Rocha sobre Caso do 'Vale Refeição'.
Radialista Luiz Santos entrevista vereador José Carneiro Rocha sobre Caso do 'Vale Refeição'.
Radialista Luiz Santos entrevista vereador José Carneiro Rocha sobre Caso do 'Vale Refeição'.
Radialista Luiz Santos entrevista vereador José Carneiro Rocha sobre Caso do ‘Vale Refeição’.

Em entrevista concedida no dia 17 de julho de 2019 (quarta-feira) ao radialista Luiz Santos e veiculada da Rádio Sociedade News de Feira de Santana, o vereador José Carneiro Rocha (PSDB) comentou sobre o Caso do ‘Destino do Valor do Vale Refeição da Câmara Municipal de Feira de Santana’.

Ao abordar o assunto o sobre para quem a administração da Câmara Municipal entrega o vale refeição, José Carneiro confirmou que nem todos os servidores recebem o cartão de crédito referente ao valor do vale refeição, que é administrado pela empresa Green Card. Ele informou que cabe aos vereadores distribuir, de acordo com critérios os cartões dos próprios edis.

Em outro momento da entrevista, ao ser questionado incisivamente, declarou que os cartões de crédito são entregues pela Câmara Municipal, diretamente aos servidores.

A suspeita

Em editorial veiculado na sexta-feira (12) na Rádio Povo, o radialista Carlos Lima revelou que existe a suspeita de que vereadores de Feira de Santana estiveram ao longo dos últimos 30 meses se apropriando do valor do vale refeição destinado a servidores em cargos comissionados (cargos de confiança).

Conforme editorial apresentado por Carlos Lima, foram destinados para pagamento de vale refeição no valor de R$ 1.463.537,68, em 2018, e que é possível que nem todo o montante seja repassado diretamente para todos os servidores, sendo que apenas os que são de carreira, ou quem ocupam determinadas funções, os únicos à receber os valores, enquanto os que ocupam cargos de confiança, indicados por vereadores, ficam dependentes do edil, que obtém o repasse da administração da Câmara Municipal de Feira de Santana, cujo presidente é José Carneiro Rocha (PSDB).

O convite do MPBA

O Jornal Grande Bahia (JGB) recebeu, com exclusividade, cópia do convite do Ministério Público da Bahia (MPBA) dirigida ao radialista Carlos Lima. No documento, o órgão de controle pede para que ele compareça à sede da instituição em Feira de Santana, às 11 horas desta quinta-feira (25/07/209), com a finalidade fornecer elementos sobre a denúncia de possível envolvimento de vereadores no desvio de recursos públicos, através do uso indevido dos valores do vale refeição dos servidores em cargos comissionados da Câmara Municipal de Feira de Santana (CMFS).

O convite dirigido à Carlos Lima é assinado pelo promotor de Justiça Tiago de Almeida Quadros, foi emitido na sexta-feira (19) e recebeu o registro no Sistema Integrado de Dados, Estatística e Atuação do MPBA (IDEA), de nº 596.9.132257/2019.

O radialista Carlos Lima afirmou, à redação do Jornal Grande Bahia (JGB) e durante o programa do Jornal da Povo, que vai comparecer nesta quinta-feira (25) na sede do MPBA, com a finalidade de prestar informações sobre a denuncia que veiculou, através de editorial na Rádio Povo, oportunidade em que confirmou a veracidade das denúncias e disse que ele próprio, enquanto servidor em cargo comissionado da Câmara Municipal, jamais recebeu os valores do vale refeição.

A requisição do MPBA à CMFS

Em 16 de julho, o site Bocão News informou que a Câmara Municipal e o vereador José Carneiro Rocha foram notificados pelo MPBA a prestar informações sobre a forma e para quem distribuem os créditos do vale refeição dos servidores.

Confira vídeo

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9305 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).