Somos todos Paraíbas | Por Alberto Peixoto

Presidente Jair Bolsonaro tem grave limitação cognitiva, ética e moral. Governante insulta o povo brasileiro e a dignidade do cargo, agindo, de forma recorrente, como pessoa abjeta.Presidente Jair Bolsonaro tem grave limitação cognitiva, ética e moral. Governante insulta o povo brasileiro e a dignidade do cargo, agindo, de forma recorrente, como pessoa abjeta.
Presidente Jair Bolsonaro tem grave limitação cognitiva, ética e moral. Governante insulta o povo brasileiro e a dignidade do cargo, agindo, de forma recorrente, como pessoa abjeta.

Presidente Jair Bolsonaro tem grave limitação cognitiva, ética e moral. Governante insulta o povo brasileiro e a dignidade do cargo, agindo, de forma recorrente, como pessoa abjeta.

Dos ‘governadores de Paraíba’, o pior é o do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara”. – afirmação de natureza xenofóbica do Presidente atoleimado Jair Bolsonaro, referindo-se à população nordestina.

Está explicitada nesta afirmativa a falta de decoro. É preciso que informem a este inútil, que o Brasil é dividido por regiões: Norte, Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste. Essas regiões são divididas por 27 estados e um Distrito Federal.

Estas regiões pertencem à República Federativa Brasileira e todas têm os mesmos direitos e deveres, independente de serem politicamente contrária ao governo que a administra.

Perseguir uma região ou um estado que não o aceita como Presidente da República, é inconstitucional e motivo de se pedir o Impeachment deste tirano de calças curtas.

Quando o “chefe” dos bolsominions chama vulgarmente os nordestinos de “paraíbas” – não que ser chamado de paraibano seja ofensa, mas a forma pejorativa como foi usado a palavra é ofensiva – comete crime comum, crime de constrangimento contra a dignidade e racismo; quebra de decoro que pode levar à possibilidade de um pedido de Impeachment.

“Independentemente de suas opiniões pessoais, o Presidente da República não pode determinar perseguição contra um ente da Federação. Seja o Maranhão ou a Paraíba ou qualquer outro Estado. ‘Não tem que ter nada para esse cara’ é uma orientação administrativa gravemente ilegal”. – publicou Flávio Dino, Governador do Maranhão em seu Twitter.

O Nordeste deu ao Brasil Maria Quitéria, a baiana de Feira de Santana que lutou na guerra pela independência do Brasil, Soror Joana Angélica, Tobias Barreto, Dom Lucas Moreira Neves, Catulo da Paixão Cearense, entre tantas outras figuras da nossa história.

A Bahia é o berço da cultura brasileira; Alagoas a terra dos Marechais, de Marechal Deodoro que proclamou a República; o Maranhão com suas belezas naturais; o Ceará de “Iracema” e José de Alencar e Chico Anísio; a Paraíba, terra de Ariano Suassuna e Augusto dos Anjos, etc.

Todos os nordestinos são Paraíbas: baianos, sergipanos, pernambucanos… Somos Jorge Amado, Caetano Veloso, Gil, Ruy Barbosas e Castros Alves, Chico Anísio, Suassuna, somos de Alagoas a terra dos Marechais; somos nordestinos, “um povo antes de tudo, um forte” como já escreveu Euclides da Cunha; um povo orgulhoso de sua labuta, sua essência e do seu brio.

O lado terrorista de Bolso: o jornalista Luiz Maklouf Carvalho, vai lançar o livro, “O Cadete e o Capitão – a vida de Jair Bolsonaro no quartel”, onde o então “cadete” apresenta de sua autoria, croquis com detalhes sobre onde implantar bombas em locais estratégicos do Rio de Janeiro – década de 80.

Respeite o Nordeste dos cabras da peste!

Alberto Peixoto, escritor.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Alberto Peixoto
Antonio Alberto de Oliveira Peixoto, nasceu em Feira de Santana, em 3 de setembro de 1950, é Bacharel em Administração de Empresas pela UNIFACS, e funcionário público lotado na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, atua como articulista do Jornal Grande Bahia, escrevendo semanalmente, é escritor e tem entre as obras publicadas os livros de contos: 'Estórias que Deus Duvida', 'O Enterro da Sogra, 'Único Espermatozoide', 'Dasdores a Difícil Vida Fácil', participou da coletânea 'Bahia de Todos em Contos', Vol. III, através da editora Òmnira. Também atua incentivador da cultura nordestina, sendo conselheiro da Fundação Òmnira de Assistência Cultural e Comunitária, realizando atividades em favor de comunidades carentes de Salvador, Feira de Santana e Santo Antonio de Jesus. É Membro da Academia de Letras do Recôncavo (ALER), ocupando a cadeira de número 26. E-mail para contato: [email protected] Saiba mais sobre o autor visitando o endereço eletrônico http://www.albertopeixoto.com.br.